Uma revolução chamada União Desportiva Oliveirense

Equipas de basquetebol e hóquei em patins podem carimbar acesso às meias-finais das respetivas competições no próximo fim de semana em Oliveira de Azeméis.

1

Um dia antes de se celebrar os 47 anos de democracia em Portugal, a União Desportiva Oliveirense fez a sua própria revolução. O dia 24 de abril de 2021 ficará marcado na memória de todos os oliveirense amantes do desporto como o dia em que as equipas de hóquei em patins e de basquetebol se superiorizaram ao SL Benfica no Pavilhão da Luz. Foi um Dia de Ouro para o clube de Oliveira de Azeméis, e a confiança dos oliveirenses esteve tão em alta que desde muito cedo começaram a circular mensagens humorísticas entre os adeptos. Uma delas era: “Pensamento Benfiquista do dia: Ainda bem que a UD Oliveirense não tem vólei masculino nem futsal feminino…”. Se calhar, neste dia era mais duas vitórias.

Publicidade

Em hóquei em patins a UD Oliveirense venceu por 1-2 com golos de Marc Torra e Lucas Martinez e lidera a eliminatória (1-0) que será decidida à melhor de três jogos, e em basquetebol a vitória foi apenas por um ponto 88-89 após um triplo de Balseiro nos últimos milésimos de segundo, conseguindo empatar a eliminatória que é decidida à melhor de cinco jogos.

Estas duas vitórias no último sábado provocaram uma autêntica revolução nos playsoffs das duas modalidades e vieram alterar as contas. A equipa de Oliveira de Azeméis partiu para a fase dos quartos de final das da Liga Placard de Basquetebol bem como do Campeonato Nacional da Primeira Divisão em Hóquei em Patins sem a vantagem do fator casa. Dado as classificações da UD Oliveirense no final da fase regular nas duas competições, os últimos jogos estão marcados para o Pavilhão da Luz.

Acontece que agora há a possibilidade de as duas equipas poderem carimbar o acesso às meias-finais das respetivas competições no próximo fim de semana em Oliveira de Azeméis. Em basquetebol, a UD Oliveirense tem jogos agendados para a próxima quinta-feira, dia 29 de abril, pelas 20h30, e no sábado, dia 1 de maio, pelas 17h00, no Pavilhão Dr. Salvador Machado, e em caso de vitória nestes dois encontros, a equipa orientada pelo coach Norberto Alves tem passagem assegurada às meias-finais. No hóquei em patins, o próximo jogo está marcado para o domingo, dia 2 de maio, às 15h00, também no Pavilhão Dr. Salvador Machado, e em caso de vitória passa às meias-finais da competição.

Hóquei em Patins: A vencer logo aos quatro minutos

A primeira equipa da UD Oliveirense a vencer no pavilhão da Luz no sábado, dia 24 de abril, foi a de hóquei em patins. Aos 4 minutos Marc Torra já estava a marcar o golo de vantagem, depois de uma combinação perfeita com Jorge Silva, mas perdeu a oportunidade de dilatar a vantagem aos 17 minutos através de grande penalidade. Mas um minuto depois a UD Oliveirense acabou por chegar aos 2-0 através de um golo de Lucas Martinez, que atravessou todo o campo sozinho, em velocidade, e a bola só parou no fundo da baliza do guarda-redes do SL Benfica, Pedro Henriques.

Na segunda parte a equipa de Paulo Pereira continuou a dominar o jogo, e a inspiração continuou a faltar à equipa encarnada. O golo do SL Benfica só surgiu a 47 segundos do fim através de Edu Lamas, mas já não havia tempo para mais.

Basquetebol: O herói Balseiro tem uma grande história para contar aos netos

“Era uma vez… A UD Oliveirense perdia o segundo jogo dos quartos de final da Liga Placard de Basquetebol a 53 segundos do fim por oito ponto no Pavilhão da Luz contra a potente equipa do Benfica, mas o avô com um triplo a milésimos segundos do fim, mesmo num filme à americana, conseguiu colocá-los no bolso“. Muito resumidamente é esta a história que João Balseiro pode contar aos netos sobre o jogo de loucos em que se tornou o maior protagonista.

Melhor do que palavras, o melhor mesmo é ver ou rever o último minuto do jogo no vídeo que publicamos. A 53 segundos do fim a UD Oliveirense perdia por oito pontos e Nic Moore, eleito MVP da partida e que é o jogador mais valioso dos encarnados, foi expulso… mas no banco dos encarnados já se fazia a festa. João Balseiro marcou o triplo que iniciou a remontada. A dez segundos o jogo estava empatado. A teoria aconselhava calma e esperar pelo prolongamento.

As duas equipas não mostraram que esse fosse o objetivo. Com posse de bola, o SL Benfica conseguiu chegar à vantagem de dois pontos. Mas a UD Oliveirense nem deu tempo para respirar. Numa reposição rápida de bola em jogo e numa transição veloz de Balseiro, o base teve ainda forças para subir e lançar de três pontos. A bola bateu na tabela e entrou. Os adeptos que tiveram oportunidade de ver a transmissão pelos canais digitais ou de cabo, presenciaram momentos que definem na perfeição coração de uma equipa bicampeã.

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

1 COMENTÁRIO

  1. Ainda bem que a União Desportiva Oliveirense está bem viva – no hóquei em patins e no basquetebol! Durante décadas, Oliveira de Azemeis era muito conhecida no mundo desportivo português através das suas equipas de futebol (sénior e júnior), pois o clube era um alfobre de jovens promissores e de sucesso ao mais alto nível. Tudo por amor à terra e à camisola! Com uma nova forma de praticar o desporto a nivel local e nacional, tudo se profissionalizou de tal modo que os atletas da terra já não existem jogadores em quantidade e qualidade (até porque no seu vasto concelho tambem existem muitos mais clubes que os absorvem) para satisfazerem as suas necessidades desportivas. Por serem bem apoiadas e geridas, aquelas secções desportivas têm correspondido com sucesso e de forma deveras surpreendente, sendo campeões nacionais no basquetebol e só o não são no hoquei por razões muito estranhas quando disputam desde há anos os jogos decisivos do título!… Infelizmente – e tal como o já tenho afimado anteriormente durante esta época – o futebol da UDO está pelas ruas da amargura, estando em risco de descer de divisão, contràriamente ao proferido por quem está a gerir a sua SAD e o próprio clube! É pena que assim suceda porque o fgutebol foi sempre, durante muitos anos, o expoente máximo desportivo em Oliveira de Azemeis! Que os oliveirense continuem a apoiar e a viver com entusiasmo e alegria as vitórias das modalidades supracitadas enquanto todos aguardam que melhores dias poderão acontecer no futebol num futuro próximo, ainda que, para isso suceder, sejam necessários fortes investimentos em atletas e equipa técnica devidamente credenciadas. Nada de ilusões e de aventuras próprias de amadorismo que apenas levam à desilusão!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui