CHEGA retira confiança política a deputado municipal Rudolfo Rodrigues

Rudolfo Rodrigues passará a não representar as ideias da concelhia política de Oliveira de Azeméis do CHEGA nas próximas reuniões da Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis.

1

Rudolfo Rodrigues, eleito deputado da Assembleia Municiplal pelo CHEGA nas últimas eleições Autárquias, passará a agir como independente nas próximas reuniões deste órgão soberano. A Comissão Política Concelhia do partido CHEGA de Oliveira de Azeméis decidiu retirar a confiança política a Rudolfo Rodrigues na reunião do último dia 24 de ano. Em comunicado assinado pelo presidente da concelhia, Manuel Almeida, o partido anuncia que se demarca “formal e institucionalmente das posições e decisões políticas que este possa vir a tomar, deixando estas de estarem vinculados ao partido CHEGA, de Oliveira de Azeméis”.

Publicidade

“A CPC tomou esta posição face às atitudes reiteradamente assumidas de irredutibilidade do deputado em questão na articulação prévia das posições políticas com os órgãos próprios do partido”, revela Manuel Almeida. “Durante a campanha eleitoral autárquica e mesmo depois de conhecidos os resultados eleitorais, assumimos o compromisso com os nossos eleitores que seriamos uma voz ativa e uma oposição assertiva na Assembleia Municipal e sempre nos comprometemos a escutar, denunciar e tentar encontrar soluções para os problemas que afectam os nossos munícipes no seu dia-a-dia. Infelizmente, alguns desses problemas foram ignorados pelo nosso representante neste órgão autárquico, que os interpretou como um ‘não assunto’. O nosso compromisso sempre foi e continuará a ser com Oliveira de Azeméis e com os Oliveirenses!”, argumenta o líder partidário.


Ao Azeméis.Net, Manuel Almeida explica que o deputado municipal Rudolfo Rodrigues não marcou presença na reunião onde ficou decidida que o CHEGA retiraria a confiança política ao deputado municipal. O líder da Comissão Política do partido CHEGA de Oliveira de Azeméis, relembra ainda que Rudolfo Rodrigues se candidatou nas últimas eleições Autárquicas como militante do partido, e que até há bem pouco tempo tinha as quotas pagas, não tendo a certeza, contudo, se a situação se mantém regular.

Apesar das divergências, Manuel Almeida revela que o partido não fará exigências para o pedido de demissão do autarca. “Esta Comissão Politica não pede, nem nunca pedirá, que Rudolfo Rodrigues renuncie ao direito de se manter em funções na Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis, para a qual foi democraticamente eleito, cabendo essa decisão ao próprio“, conclui.

1 COMENTÁRIO

  1. Muito estranho Que diabo se passa com os Eleitos nas Autarquias pelo Partido Chega São tantos a baterem com a porta e a outros batem-lhes com a porta Muito estranho .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui