Maria José Cálix prepara saída da Assembleia Municipal. “Acima da legalidade está a moralidade”, diz.

Eleita como independente nas listas da coligação PSD-CDS/PP a autarca prepara a sua saída para se dedicar à direção do Agrupamento de Escolas Soares Basto.

0

Maria José Cálix tomou recentemente posse como nova diretora do Agrupamento de Escolas Soares Basto, tal como já noticiámos aqui, e em breve sair do grupo do PSD na Assembleia Municipal, para a qual foi eleita como independente nas listas da coligação PSD/CDs-PP nas últimas eleições Autárquicas, apurou o Azeméis.Net, e que própria confirmou após ser questionada pelo nosso jornal.

Publicidade

O pedido será formalizado durante as próximas semana em missiva a ser enviada a Carla Rodrigues, líder da candidatura da coligação “Pelas Pessoas” à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, de quem partiu o convite para que integrasse a listas da coligação de direita ao órgão deliberativo do concelho, e ao presidente da Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis, Amaro Simões.

Este era um cenário que já estava previsto e acautelado por parte da direção da comissão política do PSD, nomeadamente de Carla Rodrigues. Quando Maria José Cálix tomou posse como deputada municipal, explica, ficou desde logo explícito que caso voltasse um dia à direção desta instituição escolar, sairia do seu lugar de autarca. Não está em causa uma questão de legalidade, anuncia, até porque seria possível, tal como acontece com outros exemplos no país, a acumulação de cargos, mas nova diretora do Agrupamento de Escolas Soares Basto prefere dedicar-se cargo para a qual foi eleito na área da educação.

“Acima da legalidade está a moralidade”, afirma, em declarações ao Azeméis.Net. “Até pode ser legada, mas não considero haver moralidade nesta acumulação dos cargos, e assim também se evita qualquer possível constrangimento no desempenho das minhas funções enquanto deputada municipal”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui