CENSOS 2021. Oliveira de Azeméis perdeu 3,5% da população. Loureiro e Carregosa as únicas freguesias em contraciclo.

Oliveira de Azeméis perdeu população revela os dados preliminares divulgados pelo INE (Instituto Nacional de Estatística) Loureiro e Carregosa são as únicas em contraciclo: ganharam habitantes.

0

Em 2011 o concelho de Oliveira de Azeméis era ocupado 68 811 habitantes distribuídos pelos 163,41 km² de área. Dez anos depois este número diminuiu 3,5%, segundo os dados preliminares dos Censos 2021 divulgados esta quarta-feira pelo INE (Instituto Nacional de Estatística). Feitas as contas vivem no concelho em 2021 menos cerca de 2400 pessoas do que em 2011.

Publicidade

O anúncio já tinha sido feito. “Perdemos população”, informou o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, na última reunião pública de executivo camarário, em resposta à vereadora do PSD, e candidata à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Carla Rodrigues. “O INE deve dar conhecimento dos números em agosto”, informa o autarca que desta ainda um lado positivo nos números: “Conseguimos estancar a curva de decréscimo de população nos últimos três ou quatro anos, invertendo assim a tendência que se verificou nos primeiros seis anos [n.r: até 2017].

Loureiro é uma das duas freguesias em contraciclo à tendência generalizada. O seu número de habitantes cresceu. A informação é confirmada ao Azeméis.Net pelo presidente da Junta de Freguesia, José Queirós. Sem apontar um número certo, o autarca mostra-se feliz com o facto. Para a concretização desta realidade positiva são apontados dois fatores: a dinâmica da Área de Acolhimento Empresarial Ul/ Loureiro, e também para pela construção de alguns blocos habitacionais por parte de uma conhecida construtora do concelho de Oliveira Azeméis. José Queirós mostra-se confiante que nos próximos anos o número de população poderá crescer ainda mais, caso a taxa de cobertura de água e saneamento evolua favoravelmente.

A Junta Freguesia de Carregosa também teve uma ligeira subida no número de habitantes, segundo dados revelados nas redes sociais. “Os resultados dos Censos 2021, ainda com carater preliminar, baseados em contagens resultantes do processo de recolha e divulgados antes do final de todo o processo de tratamento e validação da informação recolhida, permitem desde já concluir que a Freguesia Carregosa em 2011 contava com 1639 alojamentos e 3419 habitantes; em 2021 conta com 1686 alojamentos e 3465 habitantes. Podemos concluir que a Freguesia Carregosa teve neste período um crescimento de 47 alojamentos e 46 habitantes”, informam.

Do lado oposto está Fajões, uma das freguesias que perdeu um número de população significativa. O presidente de Junta de Freguesia, Óscar Teixeira, aponta para um número provisório de 180 pessoas, e refere que “a falta de prédios em altura” é um dos fatores para a perda de população.

Na maior União de Freguesias do concelho, que junta Oliveira de Azeméis, Santiago de Riba-Ul, Ul, Macinhata da Sexia e Madaíl, houve uma perda de 90 habitantes (em 2011 estavam registados 20 760 habitantes). Manuel Alberto Pereira aponta esta descida para o facto de ter havido mais óbitos do que nascimentos, realçando o facto que a quebra foi amenizada pelo facto de ter havido entrada de um grande número de pessoas provenientes de outras áreas geográficas.

Em 2011 era este o mapa do concelho em termos de número de habitantes.
AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui