Segunda-feira, 4 de Março de 2024
Segunda-feira, 4 de Março de 2024

Município já gastou mais de 23 mil euros para assegurar rotas que a UNIR (ainda) não garante

> Fatura será paga mais tarde pela AMP, garante o município de Oliveira de Azeméis.
Imagem não vinculativa dos novos transportes da Área Metropolitana do Porto.
Imagem não vinculativa dos novos transportes da Área Metropolitana do Porto.

A Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis alugou, em dezembro de 2023, cinco autocarros para assegurar rotas que não estavam previstas no primeiro mapa apresentado pela nova rede de transportes UNIR.

“Como forma de mitigação dos impactos negativos decorrentes da entrada em vigor da operação, a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis está a recorrer ao aluguer de cinco autocarros para assegurar percursos e linhas não previstas na rede UNIR, nomeadamente os que impactam no transporte escolar”, justificou na altura o executivo camarário.

Publicidade

A primeira fatura paga pelo município oliveirense para suprir a oferta deficitária da nova rede UNIR foi mais de 23 mil euros. Consultando o portal Base, pode-se verificar um contrato assinado entre o município de Oliveira de Azeméis e a empresa Turismo Unipessoal, Lda, com sede em Ribeira de Fráguas, concelho de Albergaria-a-Velha, publicado no dia 30 de janeiro de 2024, para a prestação de serviços de transportes de passageiros em carreiras públicas.

O valor em causa será pago mais tarde pela Associação Metropolitana do Porto, garante o executivo camarário, que já revelou que enviará a fatura quando o processo de novas rotas e horários do lote 5 estiver concluído.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS