Segunda-feira, 4 de Março de 2024
Segunda-feira, 4 de Março de 2024

Antonieta Sobral dá nome a nova praceta em Palmaz

> Foi uma referência na educação, e distinguiu-se pela criação da Comissão de Melhoramento Locais de Palmaz. Antonieta Sobral estará ligada para sempre à freguesia que escolheu para viver.

O nome de Antonieta Sobral ficará perpetuado no lugar da Bolfeta, em Palmaz, por iniciativa do empresário Carlos Pangaio, abraçada igualmente pelo município de Oliveira de Azeméis e pela União de Freguesias do Pinheiro da Bemposta. Foi deste seu ex-aluno, há mais de meio século, que partiu a ideia que o seu nome ficasse marcado na praceta perto da urbanização da Bolfeta, do qual foi promotor. 

Trata-se de uma homenagem a alguém que marcou o ensino e a vertente social na freguesia de Palmaz. Antonieta Sobra foi uma referência na educação, marcou quatro gerações, e no final do seu percurso educativo ainda esteve ligada durante  28 anos à Comissão Melhoramentos Locais de Palmaz. Para o terreno da nova praceta, propriedade da câmara municipal, ainda despido, está previsto a construção de um novo parque de lazer que será servido por um quiosque com serviço de café, bancos de jardim, e um parque infantil. O projeto deste novo equipamento que garantirá movimentação na nova Praceta Antonieta Sobral será oferecido pelo gabinete de arquitetura do empresário Carlos Pangaio.

Publicidade

Um dia de emoções fortes

As emoções foram grandes para Antonieta Sobra no dia em que foi inaugurada nova praceta, e será um momento que antiga professora não irá esquecer.  “Estou naturalmente satisfeita com esta iniciativa do Carlos Pangaio. Nunca fiz nada na vida à espera de qualquer recompensa ou reconhecimento público”, começou por dizer, rodeada de familiares e amigos, após a cerimónia de inauguração.

Emocionada, Antonieta Sobral agradeceu o gesto, admitindo ser um dia nunca poderá esquecer a sua simpatia. “O Carlos Pangaio é um bom exemplo de simplicidade, amizade e generosidade”, afirmou.  

Esta iniciativa torna-se mais marcante, uma vez que Antonieta Sobral é uma filha adotiva da freguesia. Natural de Sernancelhe, distrito de Viseu, escolheu Palmaz para viver a sua vida adulta. “Palmaz foi a terra que me recebeu e que escolhi para viver. Em Palmaz ensinei muitas gerações, avós, pais, filhos e netos passaram pelas cadeiras da escola. Com a larga maioria dos que ensinei fiz relações de amizade e respeito que perduram no tempo”, continuou.

“Na escola de Palmaz trabalhei até aos tempos da aposentação, onde me cruzei com tantas e tão boas pessoas. Uma dessas pessoas foi o Carlos Pangaio, um aluno atento, inteligente, educado, bom rapaz, sempre preocupado com os outros colegas”, recorda. 

O apoio de Carlos Pangaio

Apesar do dia ser centrado na sua pessoa, Antonieta Sobral retribuiu a generosidade do promotor da iniciativa, recordando o trajeto dura do empresário oliveirense, e a importância que teve na sua vida durante os tempos que liderou a Comissão de Melhoramentos Locais de Palmaz. 

“Ainda jovem, e na procura de uma vida melhor, o Carlos Pangaio partiu para a América onde trabalhou afincadamente e no duro durante muitos anos. Ainda hoje recordo aquele menino simpático e muito educado. Quando regressou de vez o Carlos Pangaio rapidamente se tornou num empresário de sucesso que tem investido muito no desenvolvimento e crescimento do concelho de Oliveira de Azeméis”, revelou. 

“Apesar da vida lhe ter sorrido nunca se deslumbrou e nunca esqueceu as suas humildes origens. Quando estive à frente da Comissão de Melhoramentos Locais de Palmaz, e foram 28 anos, sempre que precisava e batia à porta do Carlos Pangaio e da D. Maria da Luz, a resposta era sempre positiva. pois a sua generosidade, ajuda e boa vontade foram decisivas para alguns eventos que organizamos em Palmaz”, concluiu. 

Nunca fiz nada na vida à espera de qualquer recompensa ou reconhecimento público

Antonieta Sobral

____
O orgulho dos familiares

Na cerimónia estiveram presentes familiares e amigos. O filho Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, resumiu o sentimento da família perante esta homenagem. “Para toda a família existem duas palavras a destacar: obrigado e orgulho.Obrigado ao empresário Carlos Pangaio pelo gesto e iniciativa e Orgulho num percurso onde ensinou avós, filhos e netos e no fim deste percurso educativo ainda ter estado 28 anos na Comissão Melhoramentos Locais de Palmaz, mais concretamente no Polo Multigeracional que funciona na antiga Escola Soares Basto”, escreveu nas redes sociais. 

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS