Segunda-feira, 4 de Março de 2024
Segunda-feira, 4 de Março de 2024

Já são conhecidas as sete candidaturas ao primeiro Prémio Cidadania do concelho de Oliveira de Azeméis

> Um dos nomeados será distinguido a 18 de maio, dia em que se comemoram 39 anos de elevação de Oliveira de Azeméis a cidade.

A Assembleia Municipal divulgou esta semana as sete candidaturas ao primeiro Prémio Cidadania do concelho, distinção que será atribuído a 18 de maio, Dia da Cidadania, em cerimónia a realizar-se na Biblioteca Municipal Ferreira de Castro. No documento oficial a que o azeméis.net teve acesso estão revelados os nomes dos nomeados bem como a respetiva justificação para a escolha do júri composto por elementos do órgão deliberativo do município. Na lista de candidaturas admitidas estão quatro personalidades do concelho e três associações de solidariedade social

O primeiro nomeado é do empresário António da Silva Rodrigues, nascido em 1942, na freguesia de Ul. “A obra que construiu anda a par da grandeza das suas qualidades como ser humano. O altruismo é a imagem de marca deste ilustre cidadão, que os oliveirense se habituaram a admirar. Sempre apoiou o movimento associativo local, graças ao seu espírito humanista e a humildade que sempre colocou nas suas ações. A dedicação à terra e a beneficiência em prol da comunidade beneficiaram, ao longos dos anos, inúmeras pessoas e instituições do concelho, o que o torna uma das pessoas mais queridas dos oliveirenses. Ao lado deste grande está reconhecidamente a sua dedicada e generosa esposa, Dona Aldina Valente”.

Publicidade
Comendador António da Silva Rodrigues

Segue-se Maria Antonieta Sobral, professora em Palmaz desde 1967. “Desenvolveu durante 30 anos o ensino primário. Dedicada ao trabalho em prol do bem-estar do povo da freguesia com quem desenvolveu diversas iniciativas de cariz social, vinda a criar a Comissão de Melhoramentos Locais de Palmaz, a que presidiu até 2022. Envolveu-se nas atividades de promoção social e cultural do município, cria na sua freguesia de Palmaz o Polo Multigeracional na sua antiga Escola Soares Basto”.

Maria Antonieta Sobral | Foto: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis

Em terceiro lugar da lista surge Dr. Fernando Oliveira e Silva, que nasceu em 1926 e faleceu em 2022. “Formado em Medicinal, faria a especialidade em Pneumonologia. Nessa qualidade assumiu a responsabilidade pelo desaparecido Dispensário, obra notável criada pelo Hospital. Ao jeito da época, e como era então prática da maioria dos médicos da vila, foi um esforçado servidor do nosso Hospital. Foi o médico, o amigo, o conselheiro. o amparo e o conforto nos momentos difíceis da vida dos muitos que acorriam ao seu consultório. Esteve sempre presente da vida da nossa terra, integrando os corpos diretivos de várias instituições. entre elas o antigo Asilo da Infância Desvalida, atual Centro de Apolo Familiar Pinto de Carvalho, e a Santa casa da Misericórdia”.

O Dr. António Praça Vasconcelos é a última personalidade da lista. Médico há quase 60 anos, nasceu na freguesia de Cesar a 31 de dezembro de 1938. “Foi médico municipal durante vários anos em Oliveira de Azeméis. Na freguesia de Cesar, onde tem recebido diversas homenagens e reconhecimentos, todos sabem bem quem é o Dr. António Vasconcelos. São vários os elogios conhecidos a este grande homem. O carinho com que é tratado não vem só da sua sabedoria e da sua generosidade para com todos os seus pacientes, vem também da sua humildade. Um médico bondoso, teve ainda disponibilidade para se envolver nas instituições de promoção social e cultural da sua terra. Sempre trabalhou por gosto à sua profissão e nunca deixou um paciente sem atendimento por falta de recursos. Ainda, hoje. é o dia em que os seus pacientes lhe batem à porta, não fosse ele o Médico do Povo”.


A lista continua com projetos de solidariedade social. As “Corridas Solidárias” é um projeto criado e desenvolvido por Ricardo Bastos, acompanhado por vários voluntários praticantes de atletismo. “Desde a sua fundação, o projeto apoiou diversas instituições sociais como a Santa Casa da Misericórdia de Oliveira de Azeméis, CERCIAZ e Lar Pinto de Carvalho. Em 2022 angariou uma verba de vários milhares de euros que foram doados a favor das obras realizadas na Igreja Matriz de Oliveira de Azeméis. Para este ano (2023) as Corridas Solidárias vão a favor do Projeto Social DAR e dos Bombeiros Voluntários de Fajões”.

O Projeto Social DAR – Doações Com Amor, criado por Sofia Aguiar, é o segundo projeto social. “Está a ser implementado desde há quatro anos. para proporcionar aos mais carenciados. condições de vida dignas em termos de habitabilidade, mas igualmente distribuindo pelas pessoas necessitadas todo o tipo de bens, como por exemplo roupas diversas, calçado, móveis, pequenos eletrodomésticos, entre outros artigos. Com a ajuda de patrocinadores, tem desenvolvido ações de promoção social alargadas a outras freguesias do município”.

O Rotary Clube, instalado desde 1978 em Oliveira de Azeméis, completa a lista de candidaturas. “Desenvolve a sua intervenção particularmente na comunidade desfavorecida, sendo os beneficiários todos aqueles que precisam de ajuda alimentar, de roupa e afins. Destacar que o Rotary Clube, anualmente, atribui bolsas de estudos aos alunos maios carenciados e indicados pelas escolas, distribui 150 cabazes de Natal, promove prémios de mérito escolar e mérito profissional, recuperou duas casas de famílias oliveirenses, por forma a dignificar e melhor as suas condições de vida, contribuiu para integração de famílias estrangeiras na nossas comunidade, promove um ciclo de conversas com profissionais de renome, gratuito e aberto à comunidade oliveirense”.


Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS