Terça-feira, 4 de Outubro de 2022
Terça-feira, 4 de Outubro de 2022
Publicidade

Histórico| Futsal Clube de Azeméis chegou pela primeira vez às meias-finais da Taça da Liga e só foi derrotado pelo SL Benfica

Pela primeira vez na história o Futsal Clube de Azeméis chegou às meias-finais da Taça da Liga de Futsal, tendo sido derrotado nesta eliminatória, no Pavilhão de Loulé, pelo SL Benfica por uns escassos 2-0, resultado que as águias tiveram pena para conseguir, e tiveram a estrelinha do seu guarda-redes, André Sousa, ter feito a melhor exibição da época até ao momento. Para chegar a esta meia-final o Futsal Clube de Azeméis teve primeiramente de ficar entre os oito primeiros classificados do campeonato no final da primeira volta, e derrotou nos quartos de final da prova o AD Fundão, que na teoria partiu como favorito para o encontro, por 4-0 num jogo em que o guarda-redes Bruno Filipe teve uma exibição de outro mundo: defendeu tudo o que tinha a defender, e ainda marcou o último golo.

Publicidade

Neste momento histórico, o presidente do clube, Marco Silva, revelava-se um homem feliz e orgulhoso, sublinhando o facto da equipa fazer tanto com tão pouco. “Uma prestação de excelência, e de competência de uma grande equipa, um grande staff médico, um grande técnico de equipamentos, um grande Frias, e com a liderança de uma excelente equipa técnica. Um clube com tão poucos anos, mas que já tem muitos feitos brilhantes, e muitas conquistas, que se tivesse as armas e apoio de outros, até onde poderia chegar? Cada día é mais difícil… Fazemos tanto e com tão pouco, que mesmo nos, que cá vivemos o dia a dia, custa acreditar”, afirma.

No final do jogo contra o SL Benfica, Ricardo Canavarro também demonstrava ser um treinador satisfeito com a participação competente da sua equipa: “Sinto-me particularmente feliz porque nós conseguimos vir para esta edição da Taça da Liga, e mostrarmos que também somos competentes, porque nas outras quatro edições não conseguimos isso, e isso deixa-me feliz. Não há vitórias morais, como é lógico, nós vamos daqui com uma derrota, queríamos estar na final amanhã, mas estou particularmente feliz por isso, porque senti que os meus jogadores foram capazes de trazer cá para dentro aquilo que nós treinámos, e isso, um treinador sente muito orgulho nisso, quando isso acontece, e tenho de dizer um grande obrigado aos meus jogadores que foram grandiosos e mereciam outro resultado”.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS