Clima de Tensão. Uma dezena de adeptos manifestaram-se contra a equipa, e Pedro Bortoluzo mandou falar baixo

0
O avançado brasileiro trocou palavras menos simpáticas com os adeptos

Depois da derrota frente ao Varzim (1-0), na Póvoa do Varzim, na última jornada da Liga Portugal 2 SABSEG da época 2020/2021, no último sábado, 22 de maio, que ditou a despromoção da UD Oliveirense à Liga 3, uma dezena de adeptos deslocou-se ao Estádio Carlos Osório para esperar a comitiva oliveirense. Queriam uma explicação, e pediam que, no mínimo, alguém da estrutura da SAD, ouvisse o que tinham para dizer, e revolta que sentiam.

Publicidade

A chegada dos jogadores e equipa técnica da UD Oliveirense gerou um (já provável) clima de tensão. A GNR de Oliveira de Azeméis fez deslocar agentes de autoridade em três carros-patrulha para fazerem uma barreira entre a comitiva e a dezena de adeptos que permaneceram no local, e evitarem algum tipo de desacato. Mas o confronto verbal acabou por acontecer…

Os adeptos demonstraram a sua revolta para com a equipa de futebol da UD Oliveirense SAD acusando a atitude da maioria dos jogadores de “vergonhosa” e por “não sentirem a camisola do clube”. Os ânimos ficaram mais exaltados depois do jogador Pedro Bortoluzo, o jogador que teve hipótese de empatar a partida já nos minutos finais, ter confrontado os adeptos. O avançado brasileiro chegou a ficar cara a cara com um dos adeptos presentes, em tom ameaçador. A GNR teve de intervir, a revolta dos adeptos subiu de tom, e acabou-se por ouvir Pedro Bortoluzo a mandar falar “baixo”.

Recorde-se que Pedro Bortoluzo assinou um contrato válido por duas épocas com a UD Oliveirense SAD em agosto do ano passado, ou seja, no início da época que terminou no último fim se semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui