Especial Páscoa da Crónica Boa Mesa. O roteiro dos doces para esta época

0
O Pão de Ló da João e os doces da Tulhinhas estão em destaque nesta crónica

A quadra pascal é uma época muito especial que nos pede receitas e comida tradicional, simbolizando ainda a reunião da família à volta da mesa, este ano totalmente condicionada pela pandemia COVID-19. Na Páscoa a tradição diz-nos que o cabrito assado ou o borrego não podem faltar na mesa do almoço. Quando se opta por peixe é o bacalhau escolhido para fazer as delícias de quem se junta à volta da mesa. Mas nesta crónica centro-me nos doces.

As amêndoas e os coelhos de chocolate fazem crescer água na boca aos mais e menos jovens. Temos no nosso concelho alguns produtos especiais muito propícios à época da Páscoa.

O Pão-de-ló da João é um excelente exemplo que pode e deve provar adquirindo na sua loja no Intermarché da cidade. A professora Maria João Bastos em boa hora decidiu partilhar a sua arte culinária com a comunidade e hoje aquilo que começou com uma brincadeira para a família e amigos se transformou num sério e interessante negócio. Se gosta de Pão-de-ló e se ainda não experimentou o “da João” não hesite e telefone a encomendar para o 917 567 863 ou aproveite que também lhe fazem chegar a casa se viver em Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, São João da Madeira, Albergaria-a-Velha, Estarreja e Válega. A João não faz só Pão-de-ló, destaco o Bolo de Noz ou o Bolo de Discos que são fantásticos.

A Sandra Valente tem nas Tulhinhas a sua imagem de marca, mas nem só de Tulhinhas vive esta especialista em doçaria que nesta altura da Páscoa não tem mãos a medir. Comecemos pelas Rosas de Santiago que fez a delícia no dia de Ramos e continua pela Páscoa toda. Mas a Pavlova Enrolada de Páscoa é uma excelente opção, destacando ainda o tradicional Pudim Abade de Priscos ou o fabuloso Morgado do Bussaco, sem esquecer o Toucinho do Céu.

Importa referir que na página de Facebook das Tulhinhas pode ainda optar pelos packs de degustação com 10, 20 ou 30 unidades. Tome nota deste número, 914 932 754, e não se vai arrepender pois a Sandra Valente espalha magia doce por todos os bolos que faz e não se esqueça de provar os bombons truffés que são imperdíveis para adoçar ainda mais a sua Páscoa.

O Doce Convívio, a Doce Oliveira, a Laranjeira, a Ideal e o Gemini também prepararam uma Páscoa doce ou através de Take-away ou venda ao postigo, onde o tradicional Pão-de-ló ou o húmido fazem a delícia dos clientes.

A Páscoa não são só doces ou amêndoas, é uma época destinada à reflexão, à partilha, mas infelizmente este ano será diferente e condicionada pela pandemia COVID-19. São muitos os restaurantes do concelho que vão estar a trabalhar intensamente para que o “cabritinho” chegue à sua mesa muito bem preparado, saboroso e com temperos muito especiais.

Durante as últimas semanas fui destacando bons pratos que podem selecionar nesta semana da Páscoa, pois não se esqueça que neste concelho temos restaurantes de enorme qualidade que se orgulham do que fazem (veja aqui a lista de restaurantes que já visitei).

Conseguindo através de take-away ou do delivery, autênticos milagres enquanto não conseguem abrir os seus espaços por causa desta maldita pandemia.

Desejo a todos os leitores deste espaço gastronómico uma Santa e Feliz Páscoa desejando ainda que tudo volte à normalidade o mais rápido possível, pois os restaurantes estão a ficar completamente asfixiados por terem as portas fechadas.

Mo início da próxima semana regressam as esplanadas e vamos aguardar com ansiedade que a nova normalidade possa voltar. Os Restaurantes precisam e os Oliveirenses merecem…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui