Cerveja Vadia bate recorde de medalhas de Lyon num ano muito complicado… e “perdido”

A cervejeira artesanal de Ossela venceu a convcorrência e foi a marca que trouxe mais prémios do prestigiado Concours International de Lyon. Mas em termos económicos, 2020 "foi um ano perdido",

0

A cerveja Vadia, com sede na freguesia Ossela, continua a convencer a crítica mundial especializada em cervejas artesanais. Foi a a marca que mais troféus levou para casa do Concours International de Lyon. No total foram cinco medalhas: duas de ouro e três de prata. As medalhas de ouro foram para a Vadia Trigo, uma das primeiras a serem produzidas pela empresa de Ossela fundada em 2007 pelos sócios Nuno Marques , Nicolas Billard e Victor Silva, e também para Vadia Nautika. As medalhas de prata foram atribuídas à Vadia Rubi, a Vadia Extra, e a Vadia Edição Limitada Ginja Oak Aged Sour.

Publicidade

Em declarações ao suplemento Fugas, do jornal Público, um dos sócios, Nuno Marques referiu que, com estas últimas conquistas, a Cerveja Vadia já tem “33 medalhas, felizmente em todas as nossas cervejas fixas”. A empresa cervejeira osselense participa em concursos desde 2012 com a Trigo. “Todos os anos colocamos à prova o nosso produto”, referiu o empresário.

Este foi o ano que a Cerveja Vadia conquistou mais medalhas, e foi mesmo a marca que trouxe a maior quantidade medalhas para casa. “Foi o ano de Lyon mais premiado”, sintetiza Nuno Marques. Este recorde acontece, no entanto, num ano muito complicado para a marca assim como para a generalidade dos microcervejeiros, analisa o cervejeiro oliveirense ao suplemento Fugas.

Nas declarações à Fugas, Nuno Marques traça um cenário económico negro. Refere “quebras brutais de um dia para o outro” desde o início da pandemia, em março do ano passado, confessando que nem a aposta nas vendas online, nem o reforço nas grandes superfícies evitou que 2020 fosse “um ano perdido”.

Publicidade

As perspetivas futuras também não são as melhores. “E temos dúvidas que 2021 poderá ser salvo só com os meses de Verão…”, conclui Nuno Marques.

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui