Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024

Vereadores do PSD de Oliveira de Azeméis: “O sr. presidente da Câmara Municipal mentiu”

> Discussão do Orçamento Municipal para 2024 gerou tensão entre presidente da autarquia e vereadora Carla Rodrigues na última Assembleia Municipal.

Um dos momentos mais tensos, a nível político, na última Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis aconteceu quando, na discussão do Orçamento para 2024, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, acusou os vereadores sociais-democratas de serem autores de propostas irresponsáveis uma vez que tinham sugerido, em reuniões de executivo camarário, para a autarquia organizar o Europeu de Hóquei em Patins, e ainda apresentar a candidatura a Capital Europeia do Desporto, eventos que decorreram em plena pandemia. Perante esta acusação, a vereadora social-democrata, Carla Rodrigues, foi autorizada pela mesa da assembleia a intervir – é pouco comum um vereador da oposição tomar a palavra durante as reuniões do órgão máximo de um município – e, no uso da palavra, a vereadora desmentiu as acusações do edil oliveirense, apresentando as atas das referidas reuniões.

Este caso levou ainda os vereadores sociais-democratas a emitirem um comunicado de imprensa. “Confrontado de imediato com o teor das atas onde os assuntos foram discutidos e desmentidas as suas afirmações, o Sr. Presidente admitiu que faltou à verdade e voltou a mentir. Disse à Assembleia que os Vereadores afinal não apresentaram as ditas propostas porque nunca apresentaram nenhuma proposta. Ora, esta afirmação, além de falsa, é ainda mais grave, o que nos obriga a desmenti-lo novamente”, pode-se ler no início do comunicado, assinado por Carla Rodrigues, José Campos e Joana Ferreira, e enviado às redações.

Publicidade

E continuam: “Para avivar a memória do Sr. Presidente e a título de exemplo, passamos a elencar algumas dessas propostas. Ainda no mandato anterior, quando fomos confrontados com a grave crise de saúde pública, apresentamos por escrito um pacote de medidas de combate à pandemia e um pacote de medidas de apoio ao comércio tradicional”.

PSD elenca lista de propostas

Os vereadores sociais-democratas aproveitam o momento para elencarem algumas das propostas já apresentadas em reunião de executivo camarário. “Desde o mandato anterior temos vindo a propor ano após ano a criação do Ecocentro Municipal, a descida da participação do Município no IRS para a taxa de 4,5%, a isenção de taxa de derrama para as empresas com um volume de faturação até 150 000, 00 €, o alargamento do vale educação a todos os graus de ensino e ao ensino particular e cooperativo, a criação de um desconto tarifárico para as famílias numerosas”, argumentam.

“Durante este mandato apresentamos um pacote de medidas de apoio e resposta à crise humanitária causada pela guerra na Ucrânia, propusemos a Instalação do programa de desfibrilhação automático Externo (DAE) em espaços e edifícios públicos, a criação de condições de acessibilidade para pessoas com deficiência e/ou incapacidade à piscina de La Salette, a requalificação e infraestruturação das zonas industriais do Nordeste, Nogueira do Cravo/Pindelo, área de acolhimento empresarial Ul-Loureiro e zona industrial de Oliveira de Azeméis, a requalificação das zonas industriais de Carregosa e de Ossela, a construção da 1ª fase da via do Sudoeste e a conclusão da via do Nordeste, a aquisição e requalificação do Pavilhão da Noz. Propusemos a criação de programas de dinamização e incentivo à criação de novas empresas, propusemos a criação de uma equipa especializada no domínio da captação de novos investimentos e empresas para o nosso concelho. Propusemos ainda a realização de um estudo de impacto social da existência da Comissão Municipal para a Promoção da Saúde, propusemos a adesão ao Projeto Cidades Saudáveis da Organização Mundial da Saúde e a criação da Estratégia Municipal Saúde, propusemos a realização de um Plano Municipal da Longevidade, dedicado às pessoas mais velhas, à luz do Plano Municipal da Juventude”, enumeram.

O comunicado dos sociais-democratas termina com um aviso. “Não temos por hábito fazer notas de imprensa ou comunicados com as nossas propostas porque estamos focados, apenas, na melhoria da vida dos oliveirenses. Mas, admitimos começar a fazê-lo, não só para informação dos oliveirenses, mas também para mostrarmos que fazemos uma oposição construtiva e sobretudo, verdadeira”, concluem.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS