Com os repetidos sucessos desportivos da equipa de basquetebol da UD Oliveirense durante as últimas três temporadas, a modalidade ganhou uma grande falange de adeptos no concelho de Oliveira de Azeméis. Contabilizando todos os escalões de formação, a UD Oliveirense tem cerca de 200 crianças nas suas fileiras.

Publicidade

Atualmente, devido à pandemia do vírus COVID-19, só há treinos a partir do escalão sub-14, mas caso todos os escalões estivessem a funcionar, não haveria espaço para todas as crianças praticarem a modalidade, revelou Hélder Albergaria, dirigente da secção de basquetebol da UD Oliveirense, numa entrevista concedida a Hermínio Loureiro, no programa Desporto em Análise transmitida na semana passada pela Azeméis TV. Os treinos estão divididos em vários espaços: pavilhão municipal António Costeira, e os pavilhões das escolas Soares Basto e Ferreira de Castro.

Com a realidade atual, e porque é expectável que a modalidade continue a conquistar mais praticantes, Hélder Albergaria tem o sonho: a criação da Academia de Basquetebol da UD Oliveirense. Será um local onde ficarão reunidas todas as equipas de formação. O dirigente refere duas vantagens deste projeto: a criação de uma identidade única, e relação cada mais estreita entre todas as camadas de formação, e depois para uma maior comodidade dos pais. Hélder Albergaria relata a sua história enquanto pai de um praticante de basquetebol. “Eu sou um daqueles pais distraídos, e chegou a acontecer o treino de um dos meus filhos ser num pavilhão de uma escola, e eu ir colocá-lo noutra escola”, relatou em entrevista a Hermínio Loureiro.

E o sonho da Academia de Basquetebol já iniciou o seu processo. Hélder Albergaria revelou que os contactos com o executivo da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis já foram iniciados, e é provável que em breve haja uma solução para esta pretensão da direção da equipa de basquetebol da União Desportiva Oliveirense.

É muito provável que em cima da mesa estejam duas opções: o pavilhão de Nogueira do Cravo, e o pavilhão de Santiago de Riba-Ul. O executivo camarário, liderado por Joaquim Jorge, já demonstrou vontade em resolver o problema destes dois equipamentos, que estão ao abandono há vários anos. E uma das soluções para um deles poderá ser mesmo o de serem criadas condições para receber a Academia de Basquetebol da União Desportiva Oliveirense.

Hélder Albergaria quer dar melhores condições aos atletas de formação © Foto: União Desportiva Oliveirense Basquetebol