Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
Segunda-feira, 24 de Junho de 2024

Siaco coloca 100 pessoas no desemprego e foi decretada insolvente pelo Tribunal de Oliveira de Azeméis

> Alguns dos cerca de 100 trabalhadores atirados para o desemprego são do concelho de Oliveira de Azeméis.

A Siaco uma empresa de São João da Madeira de componentes para calçado, fundada em 1963, que fechou portas e deixou cerca de 100 pessoas trabalhadores no sempre, entre os quais alguns do concelho de Oliveira de Azeméis, foi declarada insolvente na segunda-feira, dia 6, pelas 18h28, pelo Tribunal de Oliveira de Oliveira de Azeméis.

A decisão foi hoje publicitada, e ficou-se a saber que Maria Clarisse Barros, de Braga, foi nomeada como administradora de insolvência, estando a seu cargo a emissão da documentação que permitirá aos trabalhadores recorrerem ao fundo de desemprego, que têm ainda um prazo de 30 dias para reclamar possíveis créditos à empresa agora insolvente.

Publicidade

Em Tribunal, a administração da Siaco revelou ter dívidas a uma imobiliária, duas instituições bancárias, à EDP e ao IAPMEI.

Com a declaração de insolvência, os cerca de 100 trabalhadores veem assim terminada uma angústia – chegou-se a pensar que não teriam direito ao subsidio desemprego – depois de terem sido surpreendidos com a empresa de portas fechadas na manhã de segunda-feira, dia 6, sem que tenha havido qualquer comunicação.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS