Segunda-feira, 4 de Março de 2024
Segunda-feira, 4 de Março de 2024

São Martinho da Gândara: Potenciar a identidade de celeiro da região e aposta no agroturismo

> O futuro da freguesia menos povoada do concelho passa pela aposta na capacidade agrícola modernizada, e pelo investimento privado na área do agro-turismo.

Cerca de 80% dos produtos agrícolas que são vendidos no Mercado Municipal de Oliveira de Azeméis são provenientes dos produtores agrícolas de São Martinho da Gândara, sendo considerado já o celeiro do concelho. Os produtores desta freguesia já abastecem de forma considerável os mercados dos concelhos de Estarreja, Vale de Cambra e Ovar.  E o futuro desta freguesia passará por esta área. Os autarcas testemunharam in loco algumas das empresas agrícolas: uma delas ligadas à produção leiteira, e outra à produção de produtos agrícolas e flores.

___
80%
Os produtores agrícolas da freguesia de São Martinho da Gândara fornecem 80% dos produtos do Mercado Municipal de Oliveira de Azeméis.

É muito difícil que São Martinho da Gândara venha a ser uma freguesia industrializada, a aposta irá ser direcionada para a produção agrícola de excelência. Foi essa a principal conclusão retirada da primeira sessão da Presidência Aberta promovida pela autarquia de Oliveira de Azeméis no início deste mês de março.

Publicidade

“A freguesia de São Martinho da Gândara já é hoje um contribuinte importante para celeiro do concelho de Oliveira de Azeméis. Percebemos que têm efetivamente capacidade e conhecimento instalado no domínio da agricultura, da produção de flores,  também da produção de produtos hortícolas, temos também a produção de leite. Percebemos que essa capacidade e essa experiência pode ser ampliada. Existem aqui condições naturais, terrenos agrícolas que são relativamente fáceis de cultivar, e temos também esse conhecimento e experiência que são absolutamente fundamentais para potenciar uma realidade que já existe”, disse Joaquim Jorge, ao nosso jornal, no final da sessão.

Os investimentos futuros, até 2035, serão direcionados para o apoio da modernização da atividade agrícola. “Tivemos oportunidade de ouvir por parte de alguns intervenientes, que este é um caminho em que vale a pena apostar, ou seja, reforçar a realidade agrícola desta freguesia tornando numa referência regional na produção agrícola”, acrescentou.

O agro-turismo será uma realidade 

O agro-turismo permite conhecer mais de perto a realidade agrícola do nosso país e assume-se também como uma actividade que pode ser bastante rentável quando conjugada com a agricultura. 

Este é também um caminho a ser trilhado por esta freguesia, sendo que é uma realidade a ser concretizada a breve prazo. “O agroturismo é uma aposta real porque os privados estão a fazê-lo. Vamos ter muito brevemente a inauguração de uma resposta aqui no domínio do agroturismo e eu não tenho dúvidas que estas respostas de contacto com o mundo rural e com a natureza são respostas muito procuradas, e, portanto, esta freguesia reúne todas essas condições”, revelou o presidente da autarquia.

Joaquim Jorge refere que a localização de São Martinho da Gândara ajudará ao sucesso do turismo. “É uma freguesia  que está na parte sul do concelho de Oliveira de Azeméis. Está muito perto das nossas auto-estradas mais importantes que servem o nosso território. Está a meia hora do Porto, a 25 minutos de Aveiro. Tem condições para atrair pessoas que chegam através destas cidades a este território”, finaliza.

___
São Martinho da Gândara


Área: 8,1 km2
População (Censos 2021): 1854
Homens: 896
Mulheres: 968
Eleitores (2022): 1760
Densidade populacional: 228,9 habitantes/ km2 (Oliveira de Azeméis: 411,1 km2; Portugal: 111,6 km2)

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS