Paulo Cavaleiro considera que futuro Campus Universitário de Azeméis deveria ocupar também o concelho de São João da Madeira

O líder da oposição (PSD/CDS-PP) encara o futuro projeto da Universidade de Aveiro em parceria com o município de Oliveira de Azeméis como concorrência à Sanjotec.

0

O futuro Campus Universitário de Azeméis, projeto ambicioso que pode ver aqui, foi discutido na última reunião de executivo da Câmara Municipal de São João da Madeira. O líder da oposição (PSD/CDS-PP), Paulo Cavaleiro, encara o futuro projeto da Universidade de Aveiro e da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis como concorrência à Sanjotec, o centro empresarial e tecnológico de São João da Madeira, e, por isso, é da opinião que o seu concelho também deveria estar presente neste projeto, assegurando assim a repartição de equipamentos do futuro Campus Universitário por ambos os concelhos.

“O que vai acontecer é que não é só uma ampliação da universidade com campus, vai ter uma fábrica do futuro e um espaço de incubação, de start ups e grow ups. Um bocado o que já temos na Sanjotec. Tínhamos todos a ganhar se este projeto pudesse ser numa lógica para os dois concelhos (Oliveira de Azeméis e S. João da Madeira) com a repartição dos equipamentos por ambos”, afirmou Paulo Cavaleiro em reunião de executivo camarário. E observou: “Devíamos ter um complemento e não concorrência”. O líder da oposição da autarquia sanjoanense considerou ainda que se o futuro Campus Universitário tivesse equipamentos nos dois concelhos “todos saíram a ganhar” uma vez que “fortalecia a candidatura” aos fundos comunitários.

Maqueta do novo Campus Universitário  © Foto: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis

Paulo Cavaleiro levou este tema a discussão na reunião camarária por considerar que o presidente da Câmara Municipal de São João da Madeira, Jorge Vultos Sequeira, não fez nada acontecer, durante este mandato, no que diz respeito ao desenvolvimento do centro empresarial e tecnológico e reforçar a sua ligação à Universidade de Aveiro.

O líder da autarquia que assumiu na reunião ter conhecimento do projeto de Azeméis através de uma conversa com o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, respondeu que não tem nada contra com o crescimento universitário em Oliveira de Azeméis: “Não temos nada contra o crescimento do Ensino Superior em Oliveira de Azeméis e no nosso distrito. Temos uma parceria com a Univervidade de Aveiro na Sanjotec, que é sócia-fundadora, integra a direção e com quem articulamos muitos programas”.

Martinho Oliveira refere “um projeto da região e do país”

Martinho Oliveira, diretor da Escola Superior Aveiro Norte, foi interrogado pelo jornal Labor, de São João da Madeira, sobre a posição manifestado por Paulo Cavaleiro na reunião de executivo camarário sanjoanense, e respondeu a este órgão de comunicação social que o futuro Campus Universitário de Azeméis é “um projeto da região e do país”. E acrescentou: “Tenho dificuldade em ver fronteiras artificiais entre concelhos”.

O responsável pela instituição de ensino superior em Oliveira de Azeméis explicou aquilo o futuro Campus Universitário de Azeméis terá “uma componente social associada aos alunos e à internacionalização, uma fábrica do futuro que se prende com um espaço para testar e desenvolver novas soluções para a indústria de futuro e um berçário de ideias que caso tenham capacidade de materializar-se em empresas terão de migrar para incubadoras de empresas como a Sanjotec”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui