Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
Segunda-feira, 24 de Junho de 2024

Mercado à Moda Antiga pode passar a ter duração de três dias no próximo ano

> A possibilidade é avançada pelo presidente da autarquia, Joaquim Jorge, após questionado pelo azeméis.net.

A 26.ª edição do Mercado à Moda Antiga poderá ter a duração de três dias (da noite de sexta-feira a domingo). A possibilidade é avançada pelo presidente da autarquia, Joaquim Jorge, após questionado pelo azeméis.net.

As associações têm vindo a demonstrar a vontade de que o maior evento cultural do concelho aumente a duração para três dias, em vez do formato de dois dias atual, de forma a poder rentabilizar financeiramente o trabalho que o Mercado à Moda Antiga dá a todas as associações.

Publicidade

Este assunto será discutido na reunião da estrutura organizativa a realizar-se neste mês de junho onde se fará o balanço da 25.ª edição do Mercado à Moda Antiga. Caso haja consenso entre a equipa organizadora de que o alargamento do evento para três dias é uma boa medida, a decisão final será passar as associações.

“São as associações que dão vida ao Mercado à Moda Antiga, e serão elas a ter que decidir se esta é a melhor opção. Em termos de investimento, o evento realizar-se em dois dias ou três dias é praticamente igual. Mas em termos de rentabilidade, não tenho dúvidas, o evento com duração de três dias dará um maior retorno financeiro”, diz o autarca.

Joaquim Jorge avança também que  caso o evento passe a ser de três dias, o mesmo começará na sexta-feira à noite, e acaba no domingo. “Creio que o evento começará a ter afluência logo na sexta-feira à noite. As pessoas sairão do trabalho e deslocam-se para o recinto e começam assim o seu fim de semana”, antecipa. 

Tema do evento continuará na tradição

Depois das homenagens ao Pão de Ul e à tradição vidreiras nas duas últimas edições, o tema em 2025 continuará na linha de áreas que marcam a tradição económica e social no concelho de Oliveira de Azeméis.“A linha dos temas do Mercado à Moda Antiga continuará a ser esta. O tema do próximo ano será escolhido na reunião de junho. Na mesa estarão três sugestões de temas, e será sobre estes temas que sairá a escolha para  o próximo ano”, revela Joaquim  Jorge, questionado pelo nosso jornal.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS