Fórum Municipal. Primeira pedra foi lançada pela ministra Ana Abrunhosa, estará pronto em dois anos

As obras de transformação Casa Sequeira Monterroso em Fórum Municipal já começaram. O novo edifício irá albergar, por exemplo, a Loja de Atendimento ao Munícipe e o Serviço de Apoio ao Consumidor.

0
Foto: © CMOA

A primeira pedra das obras da empreitada da reabilitação da Casa Sequeira Monterroso para acolher o Fórum Municipal foi lançada pela Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, na sexta-feira, dia 28 de maio. O investimento para esta obra é de 3,6 milhões de euros, permitirá avançar com a reabilitação integral do imóvel localizado na zona histórica da cidade, e está previsto que esteja “concluído dentro de um ano e meio a dois anos”, diz o presidente da autarquia da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge

Publicidade

Ainda segundo o edil oliveirense o objetivo é instalar ali vários serviços e a reabilitação insere-se na estratégia de rentabilização do património municipal devoluto através da requalificação do espaço público urbano, conferindo novas dinâmicas ao centro da cidade. Joaquim Jorge avança que “a Loja de Atendimento ao Munícipe e o Serviço de Apoio ao Consumidor” serão dois do serviços que terão lugar no futuro Fórum Municipal.

A Casa Sequeira Monterroso (edifício da antiga Mercantil) está inserida no centro da cidade sendo um imóvel de arquitetura popular, de planta regular, destacado pela pedra de armas. É constituído por dois pisos, um térreo, e um piso superior com quatro janelões quadrangulares. É respeitando este traço que as obras de requalificação para albergar o Fórum Municipal serão feitas.

Ana Abrunhosa, Ministra da Coesão Territorial, disse esperar que “as obras decorram sem problemas e que se preserve a história deste edifício já com três séculos de existência”

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui