Fábrica de calçado Armando Silva encerra e deixa 60 pessoas no desemprego

Há trabalhadores que estavam na empresa de calçado já há mais de 30 anos. Muitos já estão próximos da idade da reforma, e outros esperam pela evolução positiva do sector do calçado na região.

0

A fábrica de calçado Armando Silva, em São João da Madeira, e que produz há mais de 75 anos calçado masculino de gama alta, vai encerrar até ao final deste ano, deixando sem emprego cerca de 60 pessoas.

Publicidade

Fernanda Moreira, dirigente distrital em Aveiro do Sindicato Nacional dos Profissionais da Indústria e Comércio do Calçado, Malas e Afins, avançou à agência Lusa que os funcionários da empresa já foram informados sobre a situação e deverão cumprir as últimas semanas de trabalho no regresso das férias, de acordo com a sua antiguidade contratual. Há pessoas que estão há mais de 30 anos na fábrica, tendo, nesses casos, de cumprir ainda 75 dias.

A diretora avançou à agência noticiosa que “em 2019, a situação já não estava fácil” e que a pandemia agravou esses problemas e reduziu ainda mais a procura. Sobre as perspetivas laborais dos trabalhadores, Fernanda Moreira explicou que muitos deles já estão próximos da idade da reforma e que o futuro vai depender da evolução regional do setor.

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui