Licenciaturas de Contabilidade e Engenharia da Produção Industrial do ISVOUGA na lista dos 60 cursos com maior empregabilidade em Portugal

Há dois factos que se destacam na vida do ISVOUGA, o instituto de ensino superior politécnico instalado em Santa Maria da Feira: a elevada taxa de empregabilidade dos seus alunos, e também o facto de a grande maioria dos colaboradores não docentes terem sido diplomados nesta instituição.

0

Terminada a primeira fase de candidatura ao ensino superior no dia 20 de agosto, a próxima oportunidade de entrada no ensino universitário será entre os dias 27 de setembro e 5 de outubro com a segunda fase das candidaturas. O ISVOUGA é um instituto de ensino superior politécnico, com trinta anos de existência, e na sua história tem o registo da passagem de vários alunos oriundos de Oliveira de Azeméis. O Azeméis.Net entrevistou Adelina Portela, diretora deste instituto com sede em Santa Maria da Feira, que falou sobre os cursos com mais procura e as novidades académicas, como é o caso da criação do IEE – ISVOUGA Executive Education.

Publicidade

Azeméis.Net – O que é os novos alunos podem esperar do ISVOUGA caso decidam ingressar?

Adelina Portela – O ISVOUGA é um instituto de ensino superior politécnico, com trinta anos de existência, que oferece licenciaturas, mestrado, cursos técnicos superiores profissionais, pós-graduações e outros cursos, designadamente de especialização avançada, nas áreas das ciências empresarias, ciências jurídicas e engenharia. Proporciona ensino de qualidade, que associa duas perspetivas: o conhecimento cientifico e a praxis, ou o saber fazer. Além do que se orgulha em propiciar um ambiente de proximidade, designadamente entre docentes e discentes, o que constitui, entre outros, um fator facilitador na aprendizagem.

Do leque de oferta formativa do ISVOUGA quais são as áreas que têm mais procura?

O ISVOUGA oferece cinco licenciaturas: Gestão de Empresas, Contabilidade, Solicitadoria, Engenharia de Produção Industrial e Marketing Publicidade e Relações Públicas. Mestrado em Gestão de Empresas, e dois CTeSP’s em: criação e Gestão de Negócios e Gestão de Turismo. Mais recentemente criou o IEE –ISVOUGA Executive Education, que agrega as pós-graduações e outros cursos de curta duração. Designadamente a pós-graduação em Marketing Digital e e-commerce, já com oito edições, a pós-graduação em Recursos Humanos e Relações Laborais, que vai para a 4ª edição e a recentemente criada em Política e Gestão Autárquica XXI.

Adelina Portela, diretora do ISVOUGA

A procura por cada área de formação depende, naturalmente, dos gostos de cada um, das suas experiências e conhecimentos anteriormente adquiridos e das perspetivas que constrói para o futuro. Sendo que essa procura é muito variável ao longo dos anos. Por exemplo, no ano letivo que agora terminou, a licenciatura em contabilidade foi de tal forma procurada, que esgotou as vagas. Cremos que tal esteve relacionado com o aumento de trabalho, para os profissionais de contabilidade, decorrente da situação pandémica e dos consequentes apoios às empresas. Sem prescindir, a licenciatura em Gestão de Empresas regista todos os anos uma grande procura. A área do Marketing suscita também bastante interesse; reflexo disso mesmo é o facto da pós-graduação em Marketing Digital e e-commerce ir já para a 9ª edição. A área das ciências jurídicas também tem uma grande dinâmica na instituição com “aulas abertas”, curso de pós-graduação e cursos de especialização avançada como o que terminou recentemente, em Direito do Trabalho. Sem embargo, a área de engenharia merece também todo o interesse, de tal modo que nos encontramos a preparar mais uma licenciatura nessa área.

Quais são os cursos que, atualmente, dão mais garantias de futuro?

Com o mundo em tão grande e acelerada mudança e com o surgimento de fenómenos que pensávamos já não ser possível existir, como este que ainda vivemos da pandemia provocada pela covid 19, torna-se difícil fazer previsões. Há, no entanto, uma mudança de paradigma que parece ser cada vez mais uma certeza, a visão tradicional de que um curso é para a vida vai sendo substituída pela perspetiva da formação ao longo da vida. Encarada a formação desta forma, qualquer licenciatura constituirá uma importante formação de base, que há-de ser complementada com outras formações ao longo da vida profissional de cada um.

Recentemente o ISVOUGA criou o IEE – ISVOUGA Executive Education. Em que consiste e quais os objetivos? 

A criação do IEE – ISVOUGA Executive Education, surge um pouco na sequência da ideia exposta acima sobre a nova realidade e exigência de formação ao longo da vida. Esta submarca do ISVOUGA pretende agregar a formação não graduada, como as pós-graduações, cursos de preparação para acesso a ordens profissionais, cursos de curta duração de especialização avançada, ou mesmo formação à medida a solicitação de empresas ou outras organizações. Ou seja, pretende-se ir ao encontro das necessidades concretas das empresas, de outras organizações e dos profissionais em geral, proporcionando formações curtas e direcionadas para a resolução de problemas concretos e que complementem a formação inicial de base.

Em termos de taxa de empregabilidade dos alunos do ISVOUGA, há algum dado concreto?

Sem prejuízo de um número razoável de estudantes do ISVOUGA já se encontrar a exercer uma atividade profissional e nessa medida a sua formação constituir uma forma de evoluir pessoal e profissionalmente, as taxas de empregabilidade são elevadas. A este propósito posso referir que o ano passado o ISVOUGA tinha duas das suas licenciaturas, Contabilidade e Engenharia da Produção Industrial na lista dos sessenta cursos com maior empregabilidade em Portugal.

Existe a particularidade de alguns dos docentes do ISVOUGA terem sido formados nesta instituição. Considera esta realidade uma mais valia?

A grande maioria dos colaboradores não docentes do ISVOUGA são nossos diplomados. E alguns docentes são também nossos diplomados, o que constitui para nós um motivo de orgulho e um sinal de valorização da nossa formação.

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui