Desemprego no concelho. Em agosto atingiu o pico máximo, e em setembro registava-se 1887 desempregados em Azeméis

0
janeiro 20201295 desempregados
fevereiro 20201314 desempregados
março 20201344 desempregados
abril 20201868 desempregados
maio 20202051 desempregados
junho 20201940 desempregados
julho 2020 1879 desempregados
agosto 20202008 desempregados
setembro de 20201887 desempregados

* tabela com números de desempregado no concelho durante 2020, divulgados em várias reuniões de executivo camarário

Publicidade

Em agosto o Instituto de Emprego e Formação Profissional registava 2008 desempregados no concelho de Oliveira de Azeméis. Foi o segundo número mais alto desde o início de 2020, só superiorizado pelo número de desempregados no mês de maio (2051).

Com a chegada do vírus pandémico COVID-19 ao nosso país, que a crise económica se acentuou. A primeira vaga do vírus provocou a paragem da economia no nosso país, e isso teve consequência ao nível de emprego. De março de 2020 para abril de 2020 houve um aumento de 524 desempregados no nosso concelho. E desde essa altura que o número de desempregados não diminuiu. Pelo contrário, foi aumentando. Como já referimos, o concelho teve dois picos máximos neste ano de 2020, e os últimos dados, segundo informações avançadas pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis na reunião de executivo camarário do dia 19 de novembro, em setembro terminou com um registo de 1887 de desempregados, número parecido ao mês (abril) em que se registou o primeiro aumento de desempregados no concelho.

Fica a faltar os números referentes ao último trimestre do ano, mas o presidente da autarquia, Joaquim Jorge, disse na última sessão de Assembleia Municipal, em novembro, ser expectável que o número viesse a subir durante estes meses.

AZEMÉIS.NET é uma magazine digital (criada em agosto de 2019) pensada em promover o que de melhor se faz em Oliveira de Azeméis. É um projeto que olha para o nosso concelho, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui