Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
Segunda-feira, 24 de Junho de 2024

Coligação PSD/CDS-PP procura candidato vencedor para a União de Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz após renúncia de Susana Mortágua

Edifício sede da União das Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz
Edifício sede da União das Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz

Susana Mortágua irá concorrer numa lista independente nas próximas eleições autárquicas à liderança da União de Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz, após ter sido eleita em 2017 pelo CDS-PP. A autarca era também vice-presidente da concelhia do CDS-PP, liderada por António Pinto Moreira, cargo a que renunciou depois do anúncio a coligação entre o PSD e o CDS-PP para as eleições autárquicas de 2021.

Esta decisão de Susana Mortágua não foi propriamente uma surpresa para o líder da comissão política do CDS-PP que revela ao Azeméis.Net que a sua vice-presidente nunca esteve alinhada na decisão estratégica do partido em se coligar com o PSD nas próximas eleições autárquicas, e que mostrou desde sempre a sua não concordância. Sobre a decisão daquela que era a sua vice-presidente, António Pinto Moreira deixa a sua posição bastante clara. “Isto não é uma questão de ficar triste ou contente. O CDS-PP não mantém os seus quadros de forma coagida”, afirma.

Publicidade

Contactado pelo Azeméis.Net, o presidente da comissão política do PSD, Nuno Pires, optou por não fazer comentários sobre a decisão de Susana Mortágua, mas garantiu que a coligação PSD/CDS-PP está empenhada em encontrar um novo candidato vencedor para se apresentar na corrida à liderança à União de Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz, nas próximas eleições autárquicas.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS