Sábado, 3 de Dezembro de 2022
Sábado, 3 de Dezembro de 2022
Publicidade

Câmara quer demolir prédio em Santo António para construir uma rotunda que permitirá uma melhor fluidez do trânsito

Publicidade

A Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis pretende melhorar a fluidez do trânsito na zona de Santo António. Uma das zonas que aglomera mais veículos em hora de ponta é o entroncamento da Rua Conde Santiago de Lobão, Rua Frei Caetano Brandão e Rua Manuel Alegria, que dá acesso ao Hospital São Miguel. É com vista à melhoria das condições de circulação, maior segurança rodoviária e um acesso mais rápido à unidade hospitalar oliveirense, enumera o executivo camarário, que está projetada uma rotunda, informou o presidente da autarquia, Joaquim Jorge, para a zona onde atualmente se encontram pequenas ilhas de divisão de trânsito.

As pequenas ilhas de divisão de trânsito serão substituídas por uma rotunda no futuro

Para avançar com este o objetivo, a autarquia terá de demolir o imóvel que está no gaveto da Rua Manuel Alegria, n.º 13, e a Rua Frei Caetano Brandão, n.º 10. A autarquia negociou com os oito herdeiros do prédio, e apesar de todos os esforços, não conseguiu levar as negociações a bom porto com um dos elementos.

Publicidade

Assim, a Câmara Municipal irá solicitar ao secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local a emissão de declaração de utilidade pública para efeitos de expropriação do referido prédio, que está em visível estado de degradação. Trata-se de uma expropriação total do prédio que ppossui uma área coberta de 55 metros quadrados, e uma área bruta de construção de 155 metros quadrados.

O valor da justa indemnização pela expropriação do imóvel foi fixado em cerca de 24 mil euros pelo perito que o avaliou

Obra em azulejo de Santo António será conservada

Uma das questões pelo vereador eleitor pelo PSD, Rui Lopes, na altura da discussão deste tema na última reunião de executivo camarário prendeu-se com o futuro da obra em azulejo com a figura de Santo António, datada de 16 de maio de 1996, e projetada por Carlos Mobf baseado no Sermão de Santo António aos peixinhos, de Francisco Henriques (sec XVI). O presidente da Câmara Municipal, Joaquim Jorge, garantiu que obra será conservada: “Estará na parede do prédio imediatamente a seguir a este. Caso esta intenção não seja possível, arranjaremos outra solução”.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS