Terça-feira, 4 de Outubro de 2022
Terça-feira, 4 de Outubro de 2022
Publicidade

Mais de 300 figurantes marcharam no centro da cidade e animaram os oliveirenses

A alegria das marchas de cinco coletividades contagiaram os oliveirenses durante mais de uma hora e meia. Autarquia assumiu pela primeira vez a organização do evento.
As Marchas Populares animaram o centro da cidade
As Marchas Populares animaram o centro da cidade

Foi entre centenas de pessoas que as Marchas Populares desfilaram no dia 2 de julho  entre o Jardim Público, na Praça José Manuel da Costa, e a rotunda da fonte luminosa, no Largo Luís de Camões. Ao todo foram cinco as marchas que participaram no desfile organizado pela primeira vez pela autarquia, uma vez que este ano as Marchas Populares foram inseridos no programa de animação de verão 37.20. Associação de Melhoramentos Pró-Outeiro, o Grupo de Janeiras São Martinho de Travanca, a Associação Cultural e Recreativa Saavedra Guedes de Pardilhó, a Comissão da Marcha da Associação Cultural e Recreativa Escola de Samba Vai Quem Quer e a Associação Cultural e Recreativa a Esteira de Veiros.

Publicidade
O grupo Activida da Associação de Melhoramentos Pró-Outeiro foram os primeiros a desfilar,
seguido de um Grupo de Associações de Travanca. Foram estas as coletividades que representaram o concelho de Oliveira de Azeméis.

320 figurantes deram vida, cor, alegria e animação, ao desfile que durou mais de uma hora e meia. Há uma particularidade. A autarquia fez cruza as Marchas Populares com a segunda edição do Street Food & Beer Festival na segunda noite de evento, e a combinação acabou por beneficiar os dois eventos. 

Energia, cor e alegria

Todos os participantes trouxeram o colorido das suas vestes que, juntamente com as coreografias possíveis no espaço diminuto nos pontos de paragem programados (principalmente em frente ao Largo da República, onde decorreu o Street Food & Beer Festival).

As honras de abertura do desfile coube ao  grupo Activida da Associação de Melhoramentos do Pró-Outeiro. Experientes nas Marchas Populares, os elementos que compuseram o grupo demonstraram energia, garra e muito dinamismo durante o desfile.

Seguiu-se o Grupo de Associações de Travanca. Neste grupo estavam inseridos várias associações da freguesia, dominado pelo Grupo de Janeiras de São Martinho de Travanca, o que complicou os ensaios para o grande dia das Marchas Populares, mas acabaram por brilhar durante o desfile.

A Associação Cultural Recreativa a Esteira de Veiros destacou-se pelas vestimentas garridas, a Comissão da Marcha da Associação Cultural e Recreativa Escola de Samba Vai Quem Quer, e a Associação Cultural e Recreativa Saavedra Guedes de Pardilhó homenageou os marinheiros.

“Um êxito”, diz a autarquia

A Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, que teve pela primeira a organização das Marchas Populares da cidade ao seu encargo, faz um balaço positivo. ”Foram um êxito para o qual foi decisiva a dedicação e o entusiasmo que as associações colocaram nos esmerados trajes, nas danças e nas coreografias apresentadas”, pode-se ler no comunicado enviado às redações. 

___
Percorra a Galeria

___
Veja a reportagem das Marchas Populares 2022 em vídeo

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS