Domingo, 21 de Julho de 2024
Domingo, 21 de Julho de 2024

Pedro Miguel Lopes triunfou em Cernache de Bonjardim e é o detentor da camisola amarela da Volta ao Futuro

O corredor Pedro Miguel Lopes, da Kelly-Simoldes-UDO, ganhou hoje a segunda etapa da Volta a Portugal do Futuro, 120,6 quilómetros com partida e chegada em Cernache do Bonjardim, Sertã, assumindo o comando da classificação geral. A chegada, coincidente com um prémio de montanha de terceira categoria, foi palco das primeiras movimentações sérias dos candidatos a suceder a Emanuel Duarte como vencedor da Volta a Portugal do Futuro.


Pedro Miguel Lopes, André Domingues (Efapel) e Romaric Forques (Essax) conseguiram fazer a ponte para a frente da corrida. Na discussão da etapa, Pedro Miguel Lopes foi o mais forte, cortando o risco com 3h09m21s (média de 38,215 km/h). Gabriel Rodas aguentou o desgaste da fuga e ocupou a posição imediata, a 1 segundo. A mesma diferença marcada pelo minhoto para André Domingues e Romaric Forques. Julián Madrigal foi quinto, a 43 segundos. Os restantes ciclistas gastaram mais de um minuto do que o vencedor.

Publicidade


A camisola amarela está em posse de Pedro Miguel Lopes, que tem a 1 segundo o trio formado por André Domingues, Gabriel Rodas e Romaric Forques. Gabriel Rodas é o primeiro na classificação por pontos, Francisco Guerreiro (Sicasal/Miticar/Torres Vedras) continua como rei dos trepadores e André Domingues é o melhor jovem. A GSport/Grupo Tormo Innova está no topo da geral coletiva.


A terceira etapa corre-se neste sábado. Terá partida (11h15) e chegada (15h40) em Ponte de Sor. Um prémio de montanha de terceira categoria e três metas volantes pontuam uma viagem de 162,7 quilómetros, a mais extensa da competição.

Publicidade
Publicidade
Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS