Terça-feira, 21 de Maio de 2024
Terça-feira, 21 de Maio de 2024

Megaoperação contra tráfico de droga com buscas em Azeméis. Há 30 detidos

> Operação policial denominada “Tarântula” foi realizada na sequência de uma investigação que decorria há cerca de um ano e meio.

A GNR de Aveiro deteve 30 pessoas no âmbito de uma megaoperação de combate ao tráfico de estupefacientes, tendo apreendido milhares de doses de droga e quase 160 mil euros em dinheiro, informou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, a GNR esclareceu que os suspeitos, com idades entre os 21 e 66 anos, foram detidos por tráfico de estupefacientes na terça-feira, nos distritos de Aveiro, Porto e Braga.

Publicidade

No âmbito de uma operação policial denominada “Tarântula”, relacionada com o crime de tráfico de estupefacientes, foi dado cumprimento a 21 mandados de detenção, 38 mandados de busca domiciliária e sete de buscas em viaturas, refere a mesma nota.

A operação, realizada na sequência de uma investigação que decorria há cerca de um ano e meio, incluiu a realização de várias ações policiais nos concelhos de Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis, no distrito de Aveiro, Vila Nova de Gaia e Porto, no distrito do Porto, e Esposende, no distrito de Braga.

No total, segundo a Guarda, foram detidos 18 homens e três mulheres com mandados fora flagrante delito e oito homens e uma mulher em flagrante delito.

Durante a ação foram apreendidas 57.255 doses haxixe, 1.130 doses de liamba, 690 doses de cocaína, 2.650 doses de MDMA (ecstasy), 25 selos LSD, além de diverso material de corte e embalamento.

As autoridades apreenderam ainda 16 veículos automóveis, três motociclos e 158.920 euros em dinheiro.

Com esta ação, a GNR acredita ter desarticulado uma rede criminosa, organizada, dedicada ao trafico de estupefacientes na região norte do distrito de Aveiro, Vila Nova de Gaia e Porto.

A operação envolveu a participação de 168 militares da GNR, contando ainda com o apoio e colaboração de 140 elementos da PSP.

Os detidos serão presentes hoje no Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira, para a aplicação de medidas de coação.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS