Segunda-feira, 4 de Março de 2024
Segunda-feira, 4 de Março de 2024

Líder parlamentar do Bloco de Esquerda esteve em Azeméis para defender remunicipalização da água

Pedro Filipe Soares (à esq.) com os candidatos do Bloco de Esquerda em Azeméis
Pedro Filipe Soares (à esq.) com os candidatos do Bloco de Esquerda em Azeméis

O líder parlamentar do Bloco de Esquerda, Pedro Filipe Soares, esteve em Oliveira de Azeméis no último sábado, dia 18, para vincar a proposta da concelhia do partido sobre a remunicipalização da água. Os bloquistas colocaram um cartaz na rotunda no Largo Luís de Camões, perto do Centro Comercial Rainha, com a frase “A água não é um negócio. É um bem essencial“.

O Bloco de Esquerda diz que “é urgente a reversão do contrato com a Indaqua” e defende que o controlo deve voltar para as mãos da autarquia. “Oliveira de Azeméis tem uma das águas mais caras do país devido a um contrato ruinoso que urge reverter”, considera a candidatura bloquista em Oliveira de Azeméis.

Publicidade

O contrato entre a autarquia e a Indáqua foi um dos temas abordados na entrevista concedida ao Azeméis.Net pelo candidato à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Diogo Barbosa defende que há razões jurídicas para a revogação do primeiro contrato por incumprimento por parte da empresa concessionária de água e saneamento no concelho.

Bloco de Esquerda apontou mais soluções

Os candidatos do Bloco de Esquerda percorreram o concelho de Oliveira de Azeméis durante o período de campanha eleitoral e demonstraram alguns problemas que consideram serem resolvidos urgentemente. Uma dessas visitas foi Bairro de Lações. “É urgente aumentar o parque de habitação social que, em Oliveira de Azeméis, conta apenas com pouco mais de 50 fogos concentrados em apenas um local. A habitação é uma prioridade. Propomos a criação de mais e melhor habitação social, distribuída por todo o concelho”, afirmam.

Os candidatos do Bloco de Esquerda no Bairro de Lações

Os bloquistas também revelaram que estiveram em Aveiro, reunidos com a Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv) para reunirem os contributos dos estudantes com vista ao melhoramento do concelho Oliveira de Azeméis. “Capacitar o nosso concelho para acolher da melhor forma os estudantes universitários que nele estudam, de forma a criar uma maior ligação entre estes e a cidade e facilitar o seu percurso académico. Este é o caminho certo para atrair mais jovens para Oliveira de Azeméis e investir na qualificação de profissionais especializados em áreas que estão intimamente ligadas à nossa indústria. As propostas da AAUAv mostraram estar em sintonia com a nossa visão daquilo que deve ser Oliveira de Azeméis, sendo que o Bloco de Esquerda já tinha, por intermédio da Assembleia da República, apresentado uma proposta com vista à construção de uma “aldeia académica” na ESAN”, avança o Bloco de Esquerda de Oliveira de Azeméis.

Os candidatos do Bloco de Esquerda de Oliveira de Azeméis na Universidade de Aveiro

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS