José Barbosa revela como terá contraído o vírus Covid-19, e diz ter dificuldades na resistência física

O capitão da equipa de basquetebol da UD Oliveirense, José Barbosa, de 30 anos, foi um dos atletas que entrou para a estatística dos infetados com o Covid-19. Em entrevista à agência Lusa fala sobre todo o processo, e como o vírus pandémico de 2020 tem afetado a sua performance desportiva.

0
José Barbosa soube que estava infetado com o vírus Covid-19 no dia 17 de novembro © Foto: Kim Ramalho/UD Oliveirense

Dias antes do derby aveirense UD Oliveirense x Esgueira [86-81], o jogador oliveirense concedeu uma entrevista à agência Lusa onde falou sobre todo o processo que passou devido ao vírus pandémico de 2020, compartilhando também as consequências que o vírus trouxe para a vida desportiva. Esteve isolado durante 10 dias numa unidade hoteleira do Porto, após ter visto confirmada a infeção por Covid-19 em 17 de novembro, no arranque do estágio da seleção nacional para uma dupla jornada de pré-qualificação para o Mundial2023.

Fazendo um exercício de memória, José Barbosa revela como é que poderá ter contraído o vírus pandémico de 2020. “Joguei num sábado para a Liga contra o Vitória em Guimarães [74-84]. Nos dois dias seguintes, acordei com algumas dores musculares nas pernas. Fiz a minha vida normal e nem sequer pus a hipótese de testar positivo, já que me sentia mesmo bem, as dores desapareceram na segunda à tarde e estava confiante de que se deviam ao jogo […] A única hipótese que pode ter originado isto foi as idas a um ginásio público de Oliveira de Azeméis, no qual fazemos treino de musculação às terças e quintas-feiras. Por mais que usemos máscara, há alguns exercícios em que acabamos por retirá-la e vamos para uma sala com pessoas externas à equipa. Felizmente, correu tudo bem”, observou à agência Lusa.

O capitão da equipa de basquetebol da UD Oliveirense revelou que os pais também ficaram infetados, e que a sua esposa e filha viveram “praticamente em simultâneo”  idênticas “adversidades infecciosas”.

Apesar de dar o seu contributo à equipa, e de fazer parte do cinco inicial de Norberto Alves, José Barbosa diz que ainda não está em forma a 100%. Por isso mesmo o coach da UD Oliveirense tem optado por fazer entrar com frequência o jovem Francisco Albergaria no lugar do capitão. “A parte respiratória foi a mais atacada e a capacidade de resistência durante os jogos e os treinos começa a ceder muito mais cedo. Tenho trabalhado para melhorar essas componentes e diria que, mais tarde ou mais cedo, vou retomá-las a 100%. De resto, já recuperei da perda de paladar”, contou à Lusa o base titular da equipa bicampeã nacional de basquetebol.

José Barbosa também relembrou o primeiro jogo depois de ter testado negativo ao novo teste que fez. Alinhou 28 minutos no triunfo frente ao Barreirense (102-54). “Por muito que tentasse puxar mais, o corpo não respondia. Só aos poucos é que as coisas foram saindo com naturalidade e tive mais êxito. As estatísticas desses primeiros jogos estão bastante inferiores aos últimos dois ou três. Pode ser explicado por fatores desportivos e pela incapacidade física originada pelas sequelas do vírus“, admitiu.

O balanço de uma época atípica

Nesta época 2020/2021, José Barbosa tem uma média,por jogo, de 6.36 pontos, 4.45 ressaltos e 7.55 assistências por jogo na Liga.

“Tem sido uma época extremamente horrível a todos os níveis. Jogar sem adeptos é quase como não jogar, porque o público é 60%, senão mais, do espetáculo que praticamos. Por muito que se diga que jogar no principal escalão é sempre motivador, atuar com bancadas vazias faz duplicar o trabalho para nos automotivarmos”, concluiu.

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui