Joaquim Jorge reage ao aumento do índice de desemprego no concelho. Município irá trabalhar com os empresários à procura de soluções

0

O desemprego no concelho de Oliveira de Azeméis aumentou 61% em novembro de 2020, e colocou o concelho no top 50 nacional. O único do distrito de Aveiro, tal como já noticiámos aqui. Oliveira de Azeméis sempre teve uma das taxas de desemprego no país, mas a crise provocada pelo vírus pandémico de 2020, o Covid-19, foram nefastas para o tecido empresarial oliveirense. Os números mostram que em novembro de 2020 existiam 1850 desempregados no concelho, o que representava um crescimento de 61% face a novembro de 2019.

Na conferência de imprensa onde prestou contas sobre a execução das medidas de apoios Covid-19 em 2020, e anunciou um novo pacote de medidas para 2020, o presidente da autarquia, Joaquim Jorge, também abordou a realidade do desemprego no concelho, e avançou que o município irá tomar medidas. “Temos de necessariamente de recuperar o concelho porque fomos um dos concelhos que viu aumentar de forma substancial o índice de desemprego, e ,portanto, teremos de trabalhar com os nossos empresários, com os nossos gabinetes de inserção profissional, no sentido de rapidamente procurarmos colocação para as pessoas que foram atingidas pelo desemprego”, revela.

Pode ouvir a declaração de Joaquim Jorge sobre o desemprego clicando na tecla play “▶️” do vídeo que se segue:

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui