Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024

GRACC foi a barraquinha número 1 do Mercado à Moda Antiga

Começamos a visitar a 24.ª edição do Mercado À Moda Antiga... pelo seu início.
Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Quisemos ver onde é que começava o certame. O Grupo Recreativo Associativo e Cultural de Cidacos (GRACC) ocupou o espaço com o número um. Esta associação é praticamente totalista. A exceção da primeira edição, o GRACC participou em todas as outras seguintes. 

Em todas elas esta associação tem como grande objetivo honrar o espírito do evento. “Para além de matarmos as saudades, honrarmos o espírito com o qual foi criado o Mercado a Moda Antiga. Honra seja feita ao Nélson Costa e a Ana Nadais”, diz ao azeméis.net Constantino Henriques, presidente do GRACC.

Publicidade

É o espírito vivido neste certame que enche a alma do líder associativo:  “Mais do que que todos procuraram, que é uma fonte de receita, o bom é o espírito com que nós participamos neste evento,  de forma completamente voluntária”. canNa barraquinha do GRACC havia várias petiscos, mas Constantino Henriques destaque a solha feita. “O mais representativo do mercado eram as fritadeira de peixe que estavam na Praça José da Costa, e nós retratamos fielmente a fritadeira da solha”, informa.

Pórtico de início do Mercado à Moda Antiga

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Relacionados

Os melhores exclusivos

No posts found

Os mais populares