Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024

Festas La Salette. Mensagem religiosa deste ano será inspirada na Jornada Mundial da Juventude

> Tal como aconteceu na Jornada Mundial da Juventude, o lema deste ano na novena  em honra de Nossa Senhora de La Salette é “Maria levantou-se e partiu apressadamente”. 

Neste ano de 2023 há a “feliz coincidência”, diz o Padre José Manuel Lima,  de os festejos em honra de Nossa Senhora de La Salette se iniciarem no mesmo dia da despedida da Jornada Mundial da Juventude. Portugal foi palco pela primeira vez deste evento religioso e influencia toda a comunidade cristã. E terá uma forte influência nas maiores festas do concelho de Oliveira de Azeméis. 

“Vamos buscar um bocadinho ao espírito  da jornada, particularmente ao lema da jornada mundial que é ‘Maria levantou-se apressadamente e foi ao encontro da sua prima Isabel’. Foi  esta passagem do evangelho, e passagem da vida de Jesus e de Maria que o Papa foi buscar como lema para esta jornada. E nós vamos aproveitar também para as festas de La Salette, para a dinâmica da novena de preparação. Vamos aproveitar este lema, e vamos aproveitar os discursos do Papa em Portugal. Estamos todos com alguma expectativa sobre que é que o Papa nos dirá nos diversos momentos, e depois ao longo da semana das festas vamos aproveitar a sua mensagem para ir refletindo sobre ela”, revela o Padre José Manuel Lima em declarações ao azeméis.net

Publicidade

Ao longo da semana das festas vamos aproveitar a sua mensagem [Papa Francisco] para ir refletindo sobre ela

Padre José Manuel Lima

A emoção da procissão das velas

O ponto mais alto dos festejos em honra de Nossa Senhora de La Salette é a procissão de velas. Junta milhares de fiéis no arranque dos festejos.  “Essencialmente a fé vive-se na vida de cada um de nós e no coração de cada um de nós, e no coração das nossas famílias. Numa procissão de velas é sempre fácil fazer  uma oração simples e imediata.  Toda a gente faz é capaz de acender uma luz e olhar para uma luz e deixar que essa luz nos ilumine”, considera a figura maior da Paróquia de S. Miguel 

E conclui: “Portanto, é evidente que esse sinal de religiosidade popular marca muito a nossa festa. Por isso é que eu digo também que é tão importante essa procissão de velas como é importante começar com a eucaristia de festa no domingo de manhã, e terminar depois, na outra segunda-feira, com uma eucaristia. Mas não há dúvida que as procissões, sendo sinais exteriores da fé, apelam mais à emoção, apelam mais ao e é um um momento de religiosidade popular fundamental”

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS