Domingo, 5 de Fevereiro de 2023
Domingo, 5 de Fevereiro de 2023

Centro Social e Recreativo de Carregosa venceu a 11.ª edição do Prémio Dra. Leonilda Aurora da Silva Matos

Na edição deste ano o júri só considerou uma candidatura elegível. Conheça o projeto social InterGerArte.

O Centro Social e Recreativo de Carregosa apresentou a única candidatura elegível na 11.ª edição do Prémio Dra. Leonilde Aurora da Silva Matos que oferece há mais de uma década 5 mil euros para distinguir entidades que desenvolvem boas práticas de combate à pobreza e à exclusão social e de promoção de desenvolvimento social. Esta instituição de solidariedade social apresentou-se a concurso com o projeto InterGerArte, um programa que promove a interação entre crianças e idosos.

Este ano só duas entidades se candidataram ao prémio promovido por aquela que foi a grande benemérita da freguesia de Fajões, e que faleceu no dia de 26 maio de 2011. E das duas, o júri deste prémio considerou apenas uma elegível, não havendo, por isso, lugar a qualquer tipo de escolha. Foi atribuído diretamente 5 mil euros ao projeto apresentado pelo Centro Social e Recreativo de Carregosa.

Publicidade

O anúncio foi feito no final da Sessão Plenária do Concelho Local de Ação Social que decorreu no último sábado, dia 21 de janeiro, na Biblioteca Municipal Ferreira de Castro.

Cristina Gouveia, educadora de infância, e a educadora social, Alba, do Centro Social e Recreativo de Carregosa explicaram que no projeto InterGerArte se juntam “o melhores de dois mundos: os aprendizes, os mais novos, e os sábios, mais velhos”.

O projeto realizado no âmbito do núcleo de experimentação e aprendizagem “Movart’s” nasceu em contexto pós-pandemia. “Vivemos uma situação delicada, estávamos todos isolados. Com frequência, e durante vários meses, provocamos encontros entre crianças e séniores. No início os encontros foram frio. Os mais idosos não se riam. Os encontros foram-se repetido, com idas a exposições, convívios e encontros ao ar livre. Começou a surgir magia. Os idosos já sorriam, e as crianças já interagiam mais e já tratavam os séniores pelo seu nome. Até já jogam à bola”, explicaram as duas profissionais do projeto vencedor da 11.ª edição do prémio Dr.ª Leonilde Aurora da Silva Matos.

A educadora social, Alba, e a educadora de infância, Cristina Gouveia, do Centro Social e Recreativo de Carregosa receberam o prémio

____
A lista de vencedores

1.ª edição 2012: CERCIAZ,
2.º edição 2013: CAF Pinto de Carvalho,
3.ª edição 2014: Centro Social do Pinheiro da Bemposta
4.ª edição 2015: CERCIAZ,
5.ª edição 2016: Associação de Melhoramentos Pró-Outeiro
6.ª edição 2017: Centro Social e Paroquial Pinheiro da Bemposta,
7.ª edição 2018: Centro Social e Recreativo de Carregosa,
8.ª edição 2019: CAF Pinto de Carvalho,
9.ª edição 2020:  Devido à pandemia não houve candidaturas e o valor total do prémio reverteu a favor de todas as IPSS no âmbito do apoio da CMOA a estas entidades no âmbito do combate à pandemia, 10.ª edição 2021: Santa Casa da Misericórdia de Oliveira de Azeméis.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS