Terça-feira, 16 de Julho de 2024
Terça-feira, 16 de Julho de 2024

Apresentado o Plano Estratégico de Dinamização de Ferreira de Castro

> A inauguração da requalificação da Biblioteca Ferreira de Ossela foi o mote para a apresentação do plano estratégico para a promoção de Ferreira. Está em marcha o “complexo castriano"

No dia em que se comemorou o 125º Aniversário de Nascimento de Ferreira de Castro, a câmara municipal inaugurou a requalificação da Biblioteca de Ossela e aproveitou o momento para apresentar o Programa Estratégico de Dinamização Cultural de Ferreira de Castro.

“Pretendeu-se, de forma simbólica, prestar uma homenagem ao legado que Ferreira de Castro deixou à comunidade oliveirense e retribuir o gesto de grande generosidade e de grande altruísmo que o escritor deixou a Ossela e às suas gentes”, refere Joaquim Jorge , presidente da câmara municipal.

Publicidade

A Biblioteca de Ossela, um projeto do saudoso arquiteto Gaspar Moreira Domingues, constitui um espaço vivo de cultura, que reúne o acervo bibliográfico do romancista, as várias traduções das suas obras, livros da sua biblioteca pessoal, quadros de Elena Muriel e de outros pintores consagrados oferecidos ao escritor.

O presidente da câmara municipal explica que “a reabilitação do edifício, levada a cabo com muita dignidade e inteiramente com os recursos humanos da autarquia, se regulou por uma intervenção minimalista, caracterizada pela simplicidade que pautou a vida de Ferreira de Castro”. 

“O gesto hoje assinalado no aniversário do escritor traduz o enorme orgulho que os osselenses e os oliveirenses sentem por este filho da terra, a maior marca cultural do nosso concelho”, acrescenta o edil oliveirense.

O plano que dará vida ao “complexo castriano”

Já o Plano Estratégico de Dinamização de Ferreira de Castro visa fomentar a divulgação e preservação do seu património literário, mas também promover a aproximação de públicos diversos à sua obra e vida, envolvendo para tal a comunidade local.

O plano contempla um variado conjunto de atividades que a autarquia pretende levar a cabo através do “complexo castriano” que integrará a Casa Museu Ferreira de Castro, a Biblioteca de Ossela, o Roteiro Literário “Caminhos de Ferreira de Castro”, o futuro Centro Interpretativo Ferreira de Castro e a Escola de Santo António, através da recriação da sala de aula de Ferreira de Castro, um projeto ainda em estudo, tal como revelamos na última edição.

Joaquim Jorge termina referindo que “as ações hoje projetadas representam aspirações sentidas de há alguns anos a esta parte pelas várias partes interessadas na divulgação e preservação da vida e obra do autor, e só poderá ter o sucesso ambicionado se a comunidade local se envolver de corpo e alma na sua dinamização”.

___
Inauguração da Biblioteca de Ossela

___
Placa de inauguração em discussão em reunião de executivo camarário

Os vereadores do PSD referiram em reunião de executivo camarário a omissão do nome de José Santos, presidente da junta de freguesia de Ossela, na placa comemorativa da inauguração da requalificação da Biblioteca de Ossela. “Seria um ato de justiça por todo o envolvimento e trabalho do presidente de junta neste projeto”, referiu Carla Rodrigues.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS