Amaro Simões sobre a sua candidatura à Assembleia Municipal: “Uma surpresa, uma honra, uma missão”

0

Amaro Simões assumiu a surpresa na sua apresentação como candidato do PS à Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis. “Acreditarão que este convite me surpreendeu, como vos surpreendeu a vós e naturalmente os oliveirenses que acompanham a vida política”, começou por dizer. Na verdade, era praticamente unânime nos bastidores da política oliveirense, e no interior do próprio PS, que Helena Santos iria recandidatar-se ao cargo.

Publicidade

Devido a assuntos pessoais como a própria admitiu ao Azeméis.Net, a realidade acabou por se diferente. E apesar de Amaro Simões ter garantido que iria retirar-se da política ativa no final do mandato enquanto presidente da Junta de Freguesia de São Roque, disse presente quando foi desafiado pela estrutura socialista. “Compreendo e acolho esta missão no âmbito do meu contributo para a consolidação de um novo ciclo, iniciado em 2017, com Joaquim Jorge, um presidente de Câmara sério, sempre presente e vereadores generosos, atentos e dedicados (…) Ao aceitar este novo desafio, nesta fase da minha vida, em que não são aconselhados riscos acrescidos nem emoções fortes, contarão com um exercício leal, livre e isento, em que os valores da democracia e da pluralidade de opiniões se sobrepõem às convicções e fidelidades partidárias, incluindo as nossas. Com honra cultivarei os valores que me acompanham, e que estão na base deste desafio: lutar por causas justas, considerar as maiorias, respeitar as minorias, fazendo prevalecer sempre os ditames da minha consciência“, prometeu na sua apresentação.

Com a surpresa ultrapassada, Amaro Simões encara esta candidatura com honra e missão. “Se todos somos ou podemos ser políticos, nem todos podemos ser autarcas; não é autarca quem quer ou quem precisa; é autarca quem se dedica e quem o Povo quer. O que o Povo não precisa e não quer: candidatos à procura da vã glória, presunçosos, vaidosos, ausentes, manhosos, egoístas, intolerantes, maledicentes, de vida ou de contas duvidosas. O Povo reconhece e quer: Cidadãos autênticos, genuínos, respeitosos, atentos, presentes, dedicados, solidários, zelosos, equilibrados, homens e mulheres sérios, de boa vontade e boas contas.Porque, de um candidato atento, dedicado, solidário e sério depende o desenvolvimento harmonioso da sua terra”, declarou.

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui