Os dados estatísticos divulgados pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis numa primeira fase, e agora pela Direcção Geral de Saúde não o referem, mas à medida que o tempo passa o número de mortes de pessoas residentes no nosso concelho vítimas do vírus COVID-19 tem aumentado significativamente. Frequentemente tem chegado ao conhecimento do Azeméis.NET várias informações sobre vários oliveirenses vítimas do vírus pandémico que provocou que o nosso país esteja em Estado de Emergência (decretado até 2 de maio). Feitas as contas às denúncias que vão chegando até nós, neste momento o número de mortes no nosso concelho devido por causa do COVID-19 já é superior a uma dezena (10).

Publicidade

O líder da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, também já confirmou que tem tido conhecimento de mortes por COVID-19, mas de uma forma não oficial uma vez que o Delegado de Saúde Local não fornecia essa informação ao município, tal como já escrevemos aqui. O Azeméis.NET já tinha relatado a primeira morte por COVID-19 (aqui), revelou o caso de uma das mortes no Lar Santa Teresinha, em Cucujães, que teve depois sequência no Jornal de Notícias. A diretora da instituição revelou aquele órgão de comunicação social que tinha falecido não um, mas sim três utentes, tal como pode ler aqui.

Agora revelamos a quinta pessoa – pelo menos do conhecimento público e confirmado por familiares – que faleceu por COVID-19. Trata-se da sogra de José Godinho de Sousa, conhecido na sociedade oliveirense pelas várias funções que desempenhou, como por exemplo o de ser presidente da União Desportiva Oliveirense durante sete anos (2009-2016).

“A minha sogra tinha 92 anos e faleceu depois de lhe ter sido diagnosticado o COVID-19. Nasceu e viveu no nosso concelho. Era de São Martinho da Gândara. (…) A minha sogra apresentava alterações na sua rotina como falta de apetite e apatia. Apesar de a minha sogra não ter apresentado sintomas típicos, pedimos que a médica de família fosse a casa fazer uma avaliação. Quando a médica a viu e após testes com o oxímetro, reparou que ela estava com o oxigénio em baixo e mandou-a para o Hospital [de Santa Maria da Feira]. Só aí e que foi testada e deu positivo, revelou José Godinho de Sousa ao Azemeis.NET.

A familiar acabou por falecer. Num segundo contacto, o empresário oliveirense revelou ao Azemeis.NET revelou que o funeral da sua sogra “já foi na terça-feira [dia 14 de abril]” na presença de apenas “quatro familiares” próximos. Nesta conversa, José Godinho de Sousa critica a atitude do Delegado de Saúde que se recusou à sua solicitação de que tivessem sido teste aos seus familiares, como pode ler no artigo que segue.

AZEMÉIS.NET é uma magazine digital (criada em agosto de 2019) pensada em promover o que de melhor se faz em Oliveira de Azeméis. É um projeto que olha para o nosso concelho, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui