Domingo, 2 de Outubro de 2022
Domingo, 2 de Outubro de 2022
Publicidade

Saíram de Azeméis 40 toneladas em mantimentos para ajudar população ucraniana

Solidariedade. Dois camiões TIR chegaram em março à Ucrânia abastecidos da generosidade da comunidade do concelho de Oliveira de Azeméis para ajudar um país que não pediu para viver em guerra.

De Oliveira de Azeméis saíram 40 toneladas em mantimentos de ajuda humanitária ao povo ucraniano. Foram os Lions Clube de Oliveira de Azeméis que fizeram as coisas começarem a acontecer. Mónica Carvalho, líder desta associação humanitária, estava de férias quando a guerra começou, revela ao Azeméis.Net.  As imagens dos primeiros disparos provocaram logo uma reação. “Pensei logo que tinha de fazer algum coisa. Comecei a trocar e-mails com os Lions da Polónia para me inteirar o que seria mais urgente”, conta.

Publicidade

O passo seguinte foi enviar enviar e-mails para as empresas de Oliveira de Azeméis que pudessem oferecer mantimentos ao povo ucraniano, procuraram um local para a recolha dos mantimentos, e escolheram uma carrinha como meio de transporte para a Ucrânia. Em apenas três dias, conta Mónica Carvalho, já não era a líder dos Lions a enviar e-mails a pedir, mas sim as empresas a questionarem como poderiam ajudar, a ajuda de toda a comunidade do concelho de Oliveira de Azeméis excedeu as expectativas, a carrinha inicialmente prevista teve de ser cancelada e substituída por um camião TIR  (acabaram por aparecer a oferta de dois), e o quartel dos Bombeiros Voluntários de Oliveira de Azeméis passou a ser a base logística.

As 40 toneladas de mantimentos chegaram à Ucrânia divididos em dois camiões. O primeiro, abastecido com alimentação e bens de primeira necessidade,  chegou no dia 14 de março; e o segundo camião, onde seguiu latas de comida feita, enlatados e medicação, pensados para os militares em combate, e roupa, calçado, cobertores e mantas, para os milhares de ucranianos que ficaram sem nada de um momento para outro por causa de uma guerra que não pediram,  chegou no dia 28 de março.

“É muito emocionante o momento em que vemos a nossa ajuda a chegar ao destino”, afirma Mónica Carvalho. Agora a prioridade e os esforços estão focados na ajuda aos refugiados que têm chegado a Oliveira de Azeméis. “A nossa preocupação agora é ajudar e amparar os refugiados que estão a chegar ao nosso concelho, nomeadamente no encontro de postos de trabalho”, conclui a presidente dos Lions Club de Oliveira de Azeméis.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS