Segunda-feira, 4 de Março de 2024
Segunda-feira, 4 de Março de 2024

Radar de velocidade já se encontra instalado na curva do Estádio Carlos Osório, no IC2

> Equipamento foi instalado no final do ano passado, mas ainda não existe informação sobre a sua presença.

As Infraestuturas de Portugal instalaram no final do ano passado o radar de velocidade na curva do Estádio Carlos Osório, no IC2 (Itinerário Complementar número 2), na sequência de uma medida anunciada em março de 2020 pelo então ministro das Infraestruturas Portugal, Pedro Nuno Santos. Esta decisão faz parte de um pacote de medidas com o objetivo de diminuir a sinistralidade nesta área.

Apesar da instalação do equipamento, a falta de informação sobre a sua presença, faz com a sua atividade ainda não tenha entrado em vigor. O limite máximo de velocidade é de 90 km/h.

Publicidade

A introdução de um novo radar fixo de controlo de velocidade (existem cinco no distrito de Aveiro) era apenas uma das primeiras políticas contra a sinistralidade no troço entre Cucujães e Pinheiro da Bemposta. O governo tinha anunciado para 2022 o arranque de obras de requalificação em alguns quilómetros do troço acima referido, mas apesar de estarem previstas as referidas obras não se tornaram uma realidade.

Helga Correia acusa governo de desrespeito

A deputada do PSD Helga Correia acusou o governo, no final do ano passado, de não respeitar o Parlamento ao não dar andamento a resolução aprovada que impunha a requalificação no troço do IC2 que atravessa o concelho de Oliveira de Azeméis.

Numa intervenção na Comissão de Orçamento e Finanças, a deputada oliveirense destacou outras obras prometidas ao distrito de Aveiro que “ficaram na gaveta”.

“A Assembleia da República aprovou uma resolução para a requalificação do IC2. Na altura, os deputados do PS do distrito de Aveiro abstiveram-se, com a desculpa de que os senhores fariam a obra, porque a empreitada estava inscrita para 2022. O que é certo é que 2022 passou, 2023 está a terminar e a empreitada de requalificação do IC2 em Oliveira de Azeméis continua na gaveta e a rotunda no Pinheiro [da Bemposta] continua sem solução” – atirou Helga Correia na audição do ministro das Infraestruturas.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS