Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
Segunda-feira, 24 de Junho de 2024

PSD critica “atitude e falta de respeito” do presidente da Câmara na recente visita ao Teatro Municipal de Oliveira de Azeméis

> "Não foi o executivo [que fez visita ao Teatro Municipal de Oliveira de Azeméis]. Foi o PS!", critica Nuno Pires.
A fachada do novo Teatro Municipal de Oliveira de Azeméis
A fachada do novo Teatro Municipal de Oliveira de Azeméis

O PSD emitiu esta manhã um comunicado de imprensa onde manifesta o “total repúdio pela atitude e falta de respeito democrático do sr. Presidente da Câmara Municipal e dos srs. Vereadores do Partido Socialista”, na visita às obras de requalificação do novo Teatro Municipal de Oliveira de Azeméis .

“Na última reunião de Câmara Municipal, questionado sobre o ponto de situação da obra e a pedido da Sra. Vereadora do PSD, Carla Rodrigues, o Sr. Presidente disponibilizou-se a realizar uma visita de todo o executivo à obra. Tal ficou prevista para o dia da próxima reunião de Câmara, ou seja, 2 de março. Por isso mesmo o PSD manifesta total surpresa quando hoje [quinta-feira, dia 23 de fevereiro], na comunicação social, refere que o Executivo fez uma visita ao Cine-Teatro Caracas, Teatro Municipal de Oliveira de Azeméis. Não foi o executivo. Foi o PS!”, começa por dizer o presidente da Comissão Política do PSD, Nuno Pires.

Publicidade

E continua: “Dizemos que foi o Partido Socialista porque, ao contrário do que tem sido publicado, não foi o executivo municipal. O executivo municipal é constituído por um Presidente e oito Vereadores distribuídos pelo número de votos obtidos nas eleições autárquicas. No caso do Partido Social Democrata, foram eleitos como vereadores Carla Rodrigues, José Campos e Joana Ferreira, representando diretamente 10.815 eleitores que votaram neles para os representar”.

O presidente do PSD de Oliveira de Azeméis volta a sublinhar a surpresa, e a falta de convite aos vereadores da oposição: “Assim, depois de estar prevista a visita para o próximo dia 2 de Março, fomos hoje [quinta-feira, dia 23 de fevereiro] surpreendidos com a visita realizada ontem sem que três vereadores do executivo Municipal fossem convidados. Além do convite ser legítimo e representativo da vontade popular, tinham sido eles a manifestar esta intenção”.

Nuno Pires evidencia, a concluir, que “esta manifesta falta de respeito democrático, bem patente no agendamento da visita e a antecipação da mesma, com total cobertura da comunicação social, tem sido um comportamento sistemático deste Presidente”.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS