Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2023
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2023

Prémio Agostinho Gomes premiou o poema “Ménon” com recital evocativo a José Saramago

Ménon”, de José Miguel Fuschini de Abreu, foi o vencedor da XXIII edição do Concurso de Poesia Agostinho Gomes.
Publicidade

O poema “Ménon”, de José Miguel Fuschini de Abreu, foi o vencedor da XXIII edição do Concurso de Poesia Agostinho Gomes cuja cerimónia de entrega de prémios decorreu na passada sexta-feira na sala polivalente da biblioteca municipal Ferreira de Castro.

A edição deste ano admitiu 500 poesias, inéditas e escritas em língua portuguesa, das quais o júri decidiu premiar o trabalho poético de José Miguel Fuschini de Abreu, natural de Grândola.

Publicidade


O segundo lugar foi assegurado pelo poema “Creta”, de Pedro Manuel Martins Baptista, natural de Coimbra. A terceira poesia premiada, da autoria de Alberto Carlos de Jesus Pereira, foi “A criança que semeava quadros de Chagall”.

O Prémio Revelação Juvenil distinguiu a jovem oliveirense natural de Macinhata da Seixa Sofia Garcia de Pinho e Guimarães com o poema “Não preciso que me digas o que é o amor”.

Publicidade


Sob a atenção do público, a cerimónia de entrega de prémios teve a presença da vereadora Ana Filipa Oliveira e constituiu-se numa noite de cultura, dedicada às letras e à criatividade dos autores vencedores. Outro dos momentos altos da noite foi o recital “Retrato do Poeta”, um momento que estende as mãos ao pensamento e à poesia de José Saramago sobre o mundo em que viveu e aquele que há de vir.

A partir de uma extensa recolha de textos e poemas possíveis, Marco Oliveira desenvolveu um caminho musical seguindo o rasto das palavras deixadas pelo escritor na sua imensa obra.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS