Segunda-feira, 4 de Março de 2024
Segunda-feira, 4 de Março de 2024

João Figueiredo: “Não é honesto dizer que podemos ser candidatos quando dois jogadores do SL Benfica fazem o nosso orçamento”

> O início de época da equipa de basquetebol da UD Oliveirense foi de sonho. Regista quatro vitórias em cinco jogos para o campeonato, e duas vitórias seguidas, no espaço de 48 horas, contra o campeão nacional. Continua a faltar um jogador estrangeiro.

Cinco jogos, quatro vitórias, na Liga Betclic. A UD Oliveirense teve um bom início da Liga Placard. Começou com a vitória frente ao Esgueira (62-74), seguiu-se uma vitória icónica, no pavilhão da Luz, frente ao SL Benfica, campeão nacional em título, por um ponto (73-74), com os últimos três a serem marcados no suar do apito final pelo norte-americano Wes Washpun, venceu o Imortal de Albufeira por 79-63, e no primeiro jogo da época no pavilhão Dr. Salvador Machado, venceu por AD Galomar por 76-69. Registe-se ainda o facto de a equipa de Oliveira de Azeméis ter vencido por duas vezes seguidas, no espaço de 48 horas, o SL Benfica. Para além do campeonato, venceram o jogo referente à primeira jornada da Taça Hugo dos Santos, e por uma vantagem maior (78-71). A única derrota aconteceu à quinta jornada, contra a AD Ovarense, em Ovar, por 79-78.

Este tem sido um início de temporada de sonho para a equipa oliveirense, mas o técnico João Figueiredo já fez questão de esfriar os ânimos. O objetivo da UD Oliveirense é estar nos momentos altos das várias competições, e lutar por ficar entre as quatro melhores equipas do campeonato. Mas o técnico não coloca, no entanto, a equipa de Oliveira de Azeméis, no lote dos candidatos ao título.

Publicidade

“Não é honesto dizer que podemos ser candidatos quando dois jogadores do SL Benfica fazem o nosso orçamento. Isso não é honesto no basquetebol”, diz o técnico ao azeméis.net.

Apesar não ser candidato, João Figueiredo assume que a equipa vai colocar em sentido as chamadas equipas grandes:  “É sempre o objetivo. Isso já aconteceu na época passada quando conseguimos ganhar as equipas.  O trabalho tem sido espelhado nos jogos. Umas vezes aparece um poucos mais tarde, outras vezes mais cedo, como está a acontecer esta época”

“Para ganharmos nunca podemos estar em zona de conforto”

Na base do sucesso do início desta época estão os processos já assimilados pelo plantel. “Os jogadores acreditam nos processos que estão a ser desenvolvido. Os resultados ajudam isso tudo. Estamos a fazer um bom início de temporada, mas não podemos relaxar. A grande diferença no jogo contra o Galomar foi que os jogadores relaxaram. Um jogo que aparentemente estava controlado, os jogadores mudaram o mindset na segunda parte, e começamos a jogar num ritmo demasiado baixo”, afirma João Figueiredo.

A UD Oliveirense chegou ao intervalo contra o AD Galomar, referente à quinta jornada, com uma vantagem de 23 pontos (53-30), e terminou o jogo apenas com mais sete pontos (76-69). No quarto período a equipa de Oliveira de Azeméis marcou apenas sete pontos (!) contra os 23 da equipa madeira. 

“Para ganhar nunca podemos estar em zona de conforto. Não temos o talento que outras equipas têm. Não temos o talento que resolva o jogo por si só. Temos de ser fortes coletivamente. E neste jogo contra o AD Galomar ficou provado que no dia em que só formos para um jogo para passear o fato, pomo-nos a jeito”, constata João Figueiredo.   

O jogador estrangeiro que tarda a chegar

João Figueiredo revelou ao nosso jornal no início da época que ainda falta um jogador estrangeiro para fechar o plantel. Esse jogador ainda não foi encontra, mas torna-se cada vez mais evidente a falta desse jogador.

“Em cada jogo fica demonstrado que temos essa necessidade. Pode haver problemas com lesões, com faltas, e os jogadores não estão sempre no jogo”, afirma o técnico. “Queremos fechar esse jogador o mais rápido possível. Esse jogador vai ter que vir, mais tarde ou mais cedo. Temos de o encontrar. Prolongar não ajuda. Queremos colocar alguém que acrescente valor. Temos de ter paciência. Queremos encontrar um jogador diferenciador, que venha ajudar a equipa e não estragar o trabalho está a ser feito”, conclui João Figueiredo.

Não temos o talento que resolva o jogo por si só. Temos de ser fortes coletivamente

João Figueiredo, treinador UD Oliveirense

Veja a entrevista em vídeo.

_______

Duelo duplo contra a AD Ovarense

Tal como aconteceu contra o SL Benfica, a UD Oliveirense tem duelo duplo marcado contra a AD Ovarense, mas desta vez com um hiato temporal maior. O primeiro confronto foi em Ovar, no sábado, dia 4 de novembro, a contar para a 6.ª jornada da Liga Betclic, em que a equipa de Oliveira de Azeméis averbou a sua primeira derrota (79-78) no campeonato. O segundo jogo será uma semana depois, no dia 11 de novembro, para a 2.ª jornada da Taça Hugo dos Santos.     

Publicidade
Publicidade
Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS