Sábado, 3 de Dezembro de 2022
Sábado, 3 de Dezembro de 2022
Publicidade

INDAQUA Oliveira de Azeméis ensina crianças a programar videojogos dedicados à água

Publicidade

À natural curiosidade dos mais novos sobre a forma como são feitos os videojogos que tão bem conhecem, a INDAQUA Oliveira de Azeméis juntou a possibilidade de aprenderem mais sobre a importância dos recursos hídricos. Surgiu assim o “Water Game”, um conjunto de workshops de programação que vão ensinar as crianças a criar o seu jogo inspirado na água e na sustentabilidade.

Durante um mês a INDAQUA vai levar o “Water Game” a Oliveira de Azeméis e a outros cinco concelhos onde garante o abastecimento de águas e a gestão de águas residuais (Matosinhos, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde). Em conjunto com as escolas de cada município, cerca de 100 alunos do 3.º ao 6.º ano vão ter acesso a aulas de programação presenciais e remotas, podendo ainda ver publicado o seu jogo numa plataforma online.

Publicidade

Através do desenvolvimento de competências digitais, como técnicas básicas de animação e programação, o “Water Game” vai potenciar o raciocínio lógico, a concentração e ainda a criatividade, já que cada participante será responsável por criar as personagens, a história e os cenários do seu jogo. O projeto culmina com um concurso, lançado às escolas participantes, no qual serão distinguidos os melhores jogos com a oferta de curso avançado de programação.

“Desenvolvemos esta nova ação de educação ambiental para chegarmos de uma forma ainda mais eficaz às crianças, pois elas são fundamentais para garantirmos um futuro ambientalmente mais sustentável. Integrámos, por isso, a tecnologia e, em particular, os videojogos, enquanto meios lúdicos que vão permitir relembrar aos mais novos a importância das nossas ações perante a água”, explica Tiago Fragata, Diretor Geral da INDAQUA Oliveira de Azeméis.

O “Water Game” integra o Projeto +Água, desenvolvido pela INDAQUA com o apoio do Fundo Ambiental e da Estratégia Nacional para a Educação Ambiental 2020.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS