Hélder Albergaria: “Quem joga para perder… deveria ser excluído”.

O presidente da secção de basquetebol da UD Olivierense expressou a sua revolta numa mensagem publicada nas redes sociais após o jogo Imortal de Albufeira x FC Porto.

0
Hélder Albergaria, presidente da secção de basquetebol da UD Oliveirense

A última jornada da fase regular da Liga Placard de Basquetebol teve algumas surpresas e foi envolvida em polémica. O SL Benfica perdeu contra o já despromovido Maia Basquetebol (95-88) e o FC Porto foi derrotado pelo Imortal de Albufeira (99-95) após prolongamento. Os dragões perderam a vantagem do jogo nos últimos 40 segundos do encontro, em dois lances que no mínimo são duvidosos, tal como pode ver no vídeo que publicamos no final do artigo. Esta derrota do FC Porto teve interferência direta na realidade da UD Oliveirense, que terminaria a época regular no terceiro lugar caso o resultado final tivesse sido diferente.

Publicidade

No calor do momento, o presidente da secção de basquetebol da UD Oliveirense, Hélder Albergaria, publicou uma mensagem nas redes sociais onde demonstrava a sua revolta. “Acaba de ser escrita uma das páginas mais tristes da história do basquetebol nacional. Quem joga para perder… deveria ser excluído. Sinto-me envergonhado com o que acabou de acontecer num pavilhão que não o Pavilhão Dr. Salvador Machado”, pode ler-se.

O dirigente não revelou concretamente o jogo a que se referia, mas é quase certo que na mira da sua crítica estaca o jogo Imortal de Albufeira x FC Porto. A atitude do FC Porto foi ainda criticada por ex-glórias do clube como é exemplo o jogador Nuno Marçal.

Escolhemos os dois lances cruciais que marcaram o último minuto do jogo Imortal de Albufeira x FC Porto, e onde fica claro os erros grosseiros intencionais dos jogadores. Estes factos foram também referenciados pelo comentador do jogo que foi transmitido pela Web TV da Federação Portuguesa de Basquetebol.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui