Carla Rodrigues, candidata da coligação “Pelas Pessoas”, revela que criará o pelouro da saúde e assumirá pasta da educação

Entrevista com Carla Rodrigues, candidata da coligação "Pelas Pessoas", à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Trata-se da única candidata à liderança do executivo camarário.

0
Bilhete de Identidade
Nome: Carla Rodrigues
Idade: 48 anos
Casada, mãe de uma filha, residente em Cucujães, advogada na empresa José Pedro Aguiar Branco e Associados, presidente da entidade reguladora do conselho nacional da procriação medicamente assistida.
Experiência política: Foi autarca de freguesia durante 16 anos, doze dos quais como presidente da Assembleia de Freguesia de Cucujães, foi deputada pelo PSD na Assembleia da República durante dois mandatos (2009-2015), e exerceu o cargo de vereadora da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis neste último mandato (2017/2021)

É a única candidata do sexo feminino nestas eleições autárquicas em Oliveira de Azeméis, e é a segunda na história autárquica do concelho de Oliveira de Azeméis. “Não gostava que isto fosse uma vantagem ou uma desvantagem, porque eu não vejo a política e a ação política como uma ação no feminino ou no masculino”, diz Carla Rodrigues.

Publicidade

Esta é primeira vez que o PSD concorre em coligação com o CDS-PP, e nas listas apresentadas a sufrágio nota-se uma reformulação em relação há quatro anos. O próprio presidente do partido, Rui Rio, vincou o corte com o passado no concelho de Oliveira de Azeméis. Contudo, Carla Rodrigues prefere frisar que o único passado que irá estar em discussão nestas eleições autárquicas são os últimos quatro anos do mandato socialista. Mas também diz que “nos últimos 40 anos houve eleições democráticas no concelho, e nesse histórico de 40 anos houve coisas boas e coisas más como haverá sempre, em todos os executivos”.

O programa eleitoral que Carla Rodrigues apresentou a sufrágio tem mais de 100 pontos a pensar em soluções para os próximos 30 anos. Sustento, saber e saúde são os três pilares. Pretende apostar nas áreas da educação, saúde, e aliviar a carga fiscal dos oliveirenses. Pretende dar nova vida ao Conselho Municipal da Educação, criar um Plano Estratégico Municipal para proporcionar um diálogo permanente entre os responsáveis do município e os agrupamentos de escolas do concelho.

A candidata da coligação “Pelas Pessoas” mostra-se contra à forma como a autarquia tem gerido o dossiê “assistentes operacionais”. Considera que deve haver uma melhor planificação, para que as escolas do concelho não sofram com o facto de não ter assistentes disponíveis para o bom funcionamento da escola, e também critica a criação da bolsa criada com pessoas contratadas através do IEFP.

Uma das novidades concretas apresentadas por Carla Rodrigues é a criação do pelouro específico para a área da saúde na Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, já a prever a futura transferência de competências para o município por parte do Governo nesta área. Carla Rodrigues avança com a ideia da criação de um Plano Municipal de Saúde no concelho. Um dos objetivos é a atenção que deve começar a ser dada à saúde mental e ocupacional. É na área da saúde que também pensa na criação do Instituto Municipal da Longevidade, onde se pense e se viva o envelhecimento como é exigido em pleno séc. XXI, inclusivo, sem preconceitos e percebido como parte integrante do ciclo de vida.

Nos impostos diz que é comportável para o município reduzir a taxa IRS de IRS aos agregados familiares oliveirenses. Para as empresas avançará com a isenção permanente de taxa de derrama para empresas com volume de faturação inferior a 150 mil euros/ano.

Sobre a fatura da água e saneamento, o tema que mais preocupa aos oliveirenses, Carla Rodrigues não se comprometeu com mais nada além da garantia de assumir em definitivo os aumentos na fatura do saneamento devidos pelo aditamento ao contrato com a Indáqua e ao aumento do custo do tratamento das águas residuais da AMTSM (Associação dos Municípios das Terras de Santa Maria), que se encontram suspensos até dezembro de 2021, no âmbito das medidas Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui