Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024

Crescimento, cooperação e coesão são as linhas orientadoras para o novo mandato de Martinho Oliveira na ESAN

> Martinho Oliveira foi reeleito diretor da ESAN para o quadriénio 2023-2027. Mais cursos, mais docentes, e obras da residência da Quinta do Comandante concluídas em setembro de 2025. São estas as ambições de Martinho Oliveira para o novo mandato.
Martinho Oliveira foi escolhido no dia 20 de novembro para continuar no cargo de diretor da Escola Superior Aveiro-Norte, no quadriénio 2023-2027, pelo comité composto pelo reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, pelos professores João Mano, Luísa Pereira (a título permanente), Cármen Guimarães e pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, (proposto pelo Conselho da Unidade), e tomou posse formal dia 13 de dezembro nas instalações da ESAN. Durante a cerimónia de tomada de posse, o diretor do pólo da Universidade de Aveiro instalado no concelho de Oliveira de Azeméis  destacou "o crescimento, a cooperação e a coesão" como as linhas orientadoras da sua visão estratégica, onde é esperado alargar a oferta formativa, o quadro docente, as parcerias com o tecido empresarial e as atividades de investigação.

Novos cursos e mais docentes

“Este ano foram abertos mais dois Cursos Técnicos Superiores Profissionais, um em Soldadura e Construções Metálicas e outro em Tecnologia de Maquinação com Controlo Numérico Computorizado (CNC). Vamos ter também mais uma Licenciatura na área das Tecnologias de Comunicação e Informação e um Mestrado na área de Engenharia de Fabrico Digital. Ambas propostas, que considero de grande relevância para a nossa região, já se encontram submetidas. Estamos confiantes do trabalho que fizemos, restando apenas aguardar pela apreciação final”, começou por revelar Martinho Oliveira no discurso da sua apresentação.

“Para crescer é preciso pessoas, sem elas não se faz nada. Neste quadriénio pretendemos alargar o nosso quadro docente devido ao incremento da oferta formativa. Na área da investigação, queremos aumentar a atividade, nomeadamente através do desenvolvimento de trabalhos de doutoramento em contexto empresarial. Há muitas oportunidades em cima da mesa e certamente vamos aproveitá-las”, acrescenta o diretor.

Alojamento em setembro de 2025

O alojamento também é um dos principais projetos em curso para a escola - a residência estudantil a ser construída na Quinta do Comandante -  cuja finalização espera-se cumprida em setembro de 2025, anunciou Martinho Oliveira. O arranque está previsto acontecer já neste ano de 2024, altura em que a Universidade de Aveiro está a comemorar meio século de vida. “Estamos também a trabalhar no projeto do alojamento, em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e outros parceiros e, se tudo correr bem, durante o próximo ano estarão reunidas as condições para dar início às obras, sendo que é expectável que as residências estejam culminadas em setembro de 2025”.
O futuro espera-se promissor, mas desafiante, antecipa o diretor da ESAN.  A internacionalização da escola é um grande desafio para a direção, assim como o espaço que se torna cada vez menor, mas a direção, assegura Martino Oliveira, continuará a trabalhar no sentido de colmatar essas dificuldades e tornar a ESAN num campus moderno, cuja dimensão possibilitará acomodar toda a sua atividade.

"Face ao significativo crescimento da ESAN ao longo dos últimos anos, debatemo-nos hoje com falta de espaço para dar continuidade ao crescimento sustentado da escola. O maior desafio estratégico para o quadriénio 2023-2027 é a edificação de novos espaços que permitam dar uma nova dimensão à ESAN onde estejam concentradas três áreas de intervenção: social, ensino e cooperação”, explica o diretor da ESAN reeleito. 

E continua: “O objetivo é que o edifício atual da escola seja dedicado ao ensino, acomodando novas e inovadoras soluções pedagógicas. A criação de um segundo edifício permitirá acomodar as atividades de investigação e de cooperação com as empresas da região. Por fim, o alojamento social permitirá acomodar alunos que até então apenas tinham soluções de alojamento social disponíveis apenas em Aveiro".

Até o final do mandato, Martinho Oliveira espera que ter deixado na ESAN as bases e o caminho de abertura para tornar a escola num campus mais ambicioso e moderno.
"Queremos tornar esta escola num campus mais próximo da qualidade e excelência característicos do campus da UA, com um olhar para aquilo que é a indústria do futuro, seguindo as linhas orientadoras da nossa visão estratégica para a escola: crescimento, cooperação e coesão”, conclui.

—----
Citações

“Para crescer é preciso pessoas, sem elas não se faz nada. 

"Queremos tornar esta escola num campus mais próximo da qualidade e excelência característicos do campus da UA”

[caixa - com foto]

Equipa diretiva da ESAN
Martinho Oliveira tem uma equipa que o acompanhará durante o mandato 2023-27. Como membros da Direção foram renomeados os professores Cármen Guimarães, o Paulo Lima e António Gomes. A cerimónia de tomada de posse contou com a presença do reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, e outros ilustres convidados, representantes de instituições parceiras e entidades de referência na região.





____
Pormenores

50 anos de UA 
A ESAN prepara-se para dar importantes passos em 2024, o mesmo ano em que a Universidade de Aveiro está a comemorar 50 anos de vida. A cerimónia de celebração do meio século aconteceu no início do ano e contou a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Comunicação e Fabrico Digital
A ESAN prepara-se para ter mais duas licenciaturas, uma na área das Tecnologias de Comunicação e Informação e um Mestrado na área de Engenharia de Fabrico Digital. As candidaturas “já se encontram submetidas, informa Martinho Oliveira. 

Residência estudantil
As obras da residência estudantil da Quinta do Comandante irão arrancar já este ano. A direção da ESAN espera que o equipamento esteja concluído em setembro de 2025.
Martinho Oliveira foi escolhido no dia 20 de novembro para continuar no cargo de diretor da Escola Superior Aveiro-Norte, no quadriénio 2023-2027, pelo comité composto pelo reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, pelos professores João Mano, Luísa Pereira (a título permanente), Cármen Guimarães e pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, (proposto pelo Conselho da Unidade), e tomou posse formal dia 13 de dezembro nas instalações da ESAN. Durante a cerimónia de tomada de posse, o diretor do pólo da Universidade de Aveiro instalado no concelho de Oliveira de Azeméis destacou "o crescimento, a cooperação e a coesão" como as linhas orientadoras da sua visão estratégica, onde é esperado alargar a oferta formativa, o quadro docente, as parcerias com o tecido empresarial e as atividades de investigação. Novos cursos e mais docentes “Este ano foram abertos mais dois Cursos Técnicos Superiores Profissionais, um em Soldadura e Construções Metálicas e outro em Tecnologia de Maquinação com Controlo Numérico Computorizado (CNC). Vamos ter também mais uma Licenciatura na área das Tecnologias de Comunicação e Informação e um Mestrado na área de Engenharia de Fabrico Digital. Ambas propostas, que considero de grande relevância para a nossa região, já se encontram submetidas. Estamos confiantes do trabalho que fizemos, restando apenas aguardar pela apreciação final”, começou por revelar Martinho Oliveira no discurso da sua apresentação. “Para crescer é preciso pessoas, sem elas não se faz nada. Neste quadriénio pretendemos alargar o nosso quadro docente devido ao incremento da oferta formativa. Na área da investigação, queremos aumentar a atividade, nomeadamente através do desenvolvimento de trabalhos de doutoramento em contexto empresarial. Há muitas oportunidades em cima da mesa e certamente vamos aproveitá-las”, acrescenta o diretor. Alojamento em setembro de 2025 O alojamento também é um dos principais projetos em curso para a escola - a residência estudantil a ser construída na Quinta do Comandante - cuja finalização espera-se cumprida em setembro de 2025, anunciou Martinho Oliveira. O arranque está previsto acontecer já neste ano de 2024, altura em que a Universidade de Aveiro está a comemorar meio século de vida. “Estamos também a trabalhar no projeto do alojamento, em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e outros parceiros e, se tudo correr bem, durante o próximo ano estarão reunidas as condições para dar início às obras, sendo que é expectável que as residências estejam culminadas em setembro de 2025”. O futuro espera-se promissor, mas desafiante, antecipa o diretor da ESAN. A internacionalização da escola é um grande desafio para a direção, assim como o espaço que se torna cada vez menor, mas a direção, assegura Martino Oliveira, continuará a trabalhar no sentido de colmatar essas dificuldades e tornar a ESAN num campus moderno, cuja dimensão possibilitará acomodar toda a sua atividade. "Face ao significativo crescimento da ESAN ao longo dos últimos anos, debatemo-nos hoje com falta de espaço para dar continuidade ao crescimento sustentado da escola. O maior desafio estratégico para o quadriénio 2023-2027 é a edificação de novos espaços que permitam dar uma nova dimensão à ESAN onde estejam concentradas três áreas de intervenção: social, ensino e cooperação”, explica o diretor da ESAN reeleito. E continua: “O objetivo é que o edifício atual da escola seja dedicado ao ensino, acomodando novas e inovadoras soluções pedagógicas. A criação de um segundo edifício permitirá acomodar as atividades de investigação e de cooperação com as empresas da região. Por fim, o alojamento social permitirá acomodar alunos que até então apenas tinham soluções de alojamento social disponíveis apenas em Aveiro". Até o final do mandato, Martinho Oliveira espera que ter deixado na ESAN as bases e o caminho de abertura para tornar a escola num campus mais ambicioso e moderno. "Queremos tornar esta escola num campus mais próximo da qualidade e excelência característicos do campus da UA, com um olhar para aquilo que é a indústria do futuro, seguindo as linhas orientadoras da nossa visão estratégica para a escola: crescimento, cooperação e coesão”, conclui. —---- Citações “Para crescer é preciso pessoas, sem elas não se faz nada. "Queremos tornar esta escola num campus mais próximo da qualidade e excelência característicos do campus da UA” [caixa - com foto] Equipa diretiva da ESAN Martinho Oliveira tem uma equipa que o acompanhará durante o mandato 2023-27. Como membros da Direção foram renomeados os professores Cármen Guimarães, o Paulo Lima e António Gomes. A cerimónia de tomada de posse contou com a presença do reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, e outros ilustres convidados, representantes de instituições parceiras e entidades de referência na região. ____ Pormenores 50 anos de UA A ESAN prepara-se para dar importantes passos em 2024, o mesmo ano em que a Universidade de Aveiro está a comemorar 50 anos de vida. A cerimónia de celebração do meio século aconteceu no início do ano e contou a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Comunicação e Fabrico Digital A ESAN prepara-se para ter mais duas licenciaturas, uma na área das Tecnologias de Comunicação e Informação e um Mestrado na área de Engenharia de Fabrico Digital. As candidaturas “já se encontram submetidas, informa Martinho Oliveira. Residência estudantil As obras da residência estudantil da Quinta do Comandante irão arrancar já este ano. A direção da ESAN espera que o equipamento esteja concluído em setembro de 2025.

Martinho Oliveira foi escolhido no dia 20 de novembro para continuar no cargo de diretor da Escola Superior Aveiro-Norte, no quadriénio 2023-2027, pelo comité composto pelo reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, pelos professores João Mano, Luísa Pereira (a título permanente), Cármen Guimarães e pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, (proposto pelo Conselho da Unidade), e tomou posse formal dia 13 de dezembro nas instalações da ESAN. Durante a cerimónia de tomada de posse, o diretor do pólo da Universidade de Aveiro instalado no concelho de Oliveira de Azeméis  destacou “o crescimento, a cooperação e a coesão” como as linhas orientadoras da sua visão estratégica, onde é esperado alargar a oferta formativa, o quadro docente, as parcerias com o tecido empresarial e as atividades de investigação.

Novos cursos e mais docentes

“Este ano foram abertos mais dois Cursos Técnicos Superiores Profissionais, um em Soldadura e Construções Metálicas e outro em Tecnologia de Maquinação com Controlo Numérico Computorizado (CNC). Vamos ter também mais uma Licenciatura na área das Tecnologias de Comunicação e Informação e um Mestrado na área de Engenharia de Fabrico Digital. Ambas propostas, que considero de grande relevância para a nossa região, já se encontram submetidas. Estamos confiantes do trabalho que fizemos, restando apenas aguardar pela apreciação final”, começou por revelar Martinho Oliveira no discurso da sua apresentação.

Publicidade

Para crescer é preciso pessoas, sem elas não se faz nada. 

“Para crescer é preciso pessoas, sem elas não se faz nada. Neste quadriénio pretendemos alargar o nosso quadro docente devido ao incremento da oferta formativa. Na área da investigação, queremos aumentar a atividade, nomeadamente através do desenvolvimento de trabalhos de doutoramento em contexto empresarial. Há muitas oportunidades em cima da mesa e certamente vamos aproveitá-las”, acrescenta o diretor.

Alojamento em setembro de 2025

O alojamento também é um dos principais projetos em curso para a escola – a residência estudantil a ser construída na Quinta do Comandante –  cuja finalização espera-se cumprida em setembro de 2025, anunciou Martinho Oliveira. O arranque está previsto acontecer já neste ano de 2024, altura em que a Universidade de Aveiro está a comemorar meio século de vida. “Estamos também a trabalhar no projeto do alojamento, em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e outros parceiros e, se tudo correr bem, durante o próximo ano estarão reunidas as condições para dar início às obras, sendo que é expectável que as residências estejam culminadas em setembro de 2025”.

O futuro espera-se promissor, mas desafiante, antecipa o diretor da ESAN.  A internacionalização da escola é um grande desafio para a direção, assim como o espaço que se torna cada vez menor, mas a direção, assegura Martino Oliveira, continuará a trabalhar no sentido de colmatar essas dificuldades e tornar a ESAN num campus moderno, cuja dimensão possibilitará acomodar toda a sua atividade.

“Face ao significativo crescimento da ESAN ao longo dos últimos anos, debatemo-nos hoje com falta de espaço para dar continuidade ao crescimento sustentado da escola. O maior desafio estratégico para o quadriénio 2023-2027 é a edificação de novos espaços que permitam dar uma nova dimensão à ESAN onde estejam concentradas três áreas de intervenção: social, ensino e cooperação”, explica o diretor da ESAN reeleito. 

E continua: “O objetivo é que o edifício atual da escola seja dedicado ao ensino, acomodando novas e inovadoras soluções pedagógicas. A criação de um segundo edifício permitirá acomodar as atividades de investigação e de cooperação com as empresas da região. Por fim, o alojamento social permitirá acomodar alunos que até então apenas tinham soluções de alojamento social disponíveis apenas em Aveiro”.

Até o final do mandato, Martinho Oliveira espera que ter deixado na ESAN as bases e o caminho de abertura para tornar a escola num campus mais ambicioso e moderno.

“Queremos tornar esta escola num campus mais próximo da qualidade e excelência característicos do campus da UA, com um olhar para aquilo que é a indústria do futuro, seguindo as linhas orientadoras da nossa visão estratégica para a escola: crescimento, cooperação e coesão”, conclui.

“Queremos tornar esta escola num campus mais próximo da qualidade e excelência característicos do campus da UA”

______
Equipa diretiva da ESAN

Martinho Oliveira tem uma equipa que o acompanhará durante o mandato 2023-27. Como membros da Direção foram renomeados os professores Cármen Guimarães, o Paulo Lima e António Gomes. A cerimónia de tomada de posse contou com a presença do reitor da Universidade de Aveiro, Paulo Jorge Ferreira, e outros ilustres convidados, representantes de instituições parceiras e entidades de referência na região.

____
Pormenores

50 anos de UA 

A ESAN prepara-se para dar importantes passos em 2024, o mesmo ano em que a Universidade de Aveiro está a comemorar 50 anos de vida. A cerimónia de celebração do meio século aconteceu no início do ano e contou a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Comunicação e Fabrico Digital

A ESAN prepara-se para ter mais duas licenciaturas, uma na área das Tecnologias de Comunicação e Informação e um Mestrado na área de Engenharia de Fabrico Digital. As candidaturas “já se encontram submetidas, informa Martinho Oliveira. 

Residência estudantil

As obras da residência estudantil da Quinta do Comandante irão arrancar já este ano. A direção da ESAN espera que o equipamento esteja concluído em setembro de 2025.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS