Ágata: “O público esteve em comunhão comigo”

A cantora popular portuguesa atuou nas Festas de La Salette para alegria de muitos oliveirenses que dançaram ao som dos seus clássicos e dos sucessos mais recentes.

0

Ágata foi a cabeça de cartaz das Festas de La Salette 2019. Durante pouco menos de uma hora e meia de concerto, a cantora popular cantou temas atuais como o “Tá Bonito”, mas também revisitou temas de grande sucessos que catapultaram a sua carreira para o êxito como “Maldito Amor” e “Perfurme de Mulher”, deixando o público oliveirense de coração cheio.

Publicidade

No final do espectáculo, Ágata concedeu uma pequena entrevista ao Azemeis.NET onde confessa ter sentido estar em comunhão com o público de Oliveira de Azeméis durante aquele que foi, na sua opinião, “um grande espetáculo”.

Azeméis.NET Que sensações o público de Oliveira de Azeméis lhe passou neste concerto?
Ágata – Muito boas. Estiveram em comunhão comigo. Tal e qual.

O que leva de Oliveira de Azeméis?
Uma boa recordação, uma boa imagem. Um mar de gente. Um bom espectáculo, um grande espectáculo. Estou muito feliz.

Carregue no vídeo para ver a entrevista de Ágata ao Azemeis.NET

Veja a entrevista completa que a cantora deu ao Azemeis.NET nas Festas de La Salette

Pode ver (ou recordar) aqui algumas partes da atuação de Ágata nas Festas de La Salette.

Começamos com o sucesso atual da cantora, Tá Bonito, que tem alegrado os portugueses durante este verão.

Agora uma das supresas da noite. Ágata apresentou uma versão mais rockeira do seu sucesso Maldito Amor. É um upgrade a uma das músicas que catapultou para fama no final da década de 90.

Ágata surpreendeu com uma nova versão de Maldito Amor
Veja mais temas deste concerto no nosso canal de Youtube

Mostramos, por fim, o concerto de Ágata em imagens.

AZEMÉIS.NET é o jornal online de Oliveira de Azeméis (criado em agosto de 2019) pensado em promover o que de melhor se faz no concelho. É um projeto que olha para o território, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui