Edifício do antigo Centro de Saúde será inaugurado em duas fases. A primeira será já no final de setembro

O Centro de Língua inicia o ano letivo 2020/2021 com dois planos. O Plano A contempla a mudança para o edifício do antigo Centro de Saúde Oliveira de Azeméis até ao final de setembro, já o Plano B consiste em que as aulas sejam dadas em quatro escola do concelho.

0

A paragem nas obras de remodelação do antigo Centro de Saúde de Oliveira de Azeméis por falta de autorização para a retirada de amianto do teto edifício, tal como escrevemos aqui, veio alterar por completo as datas previstas para a inauguração da obra. O empreiteiro responsável pela obra está a trabalhar com o objetivo de responder à pressão do executivo camarário em terminar a obra até setembro, até porque é aqui que será a nova casa do Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis.

Contudo, o adiamento dos prazos fez com que esta instituição fosse obrigada a trabalhar em dois planos. O Centro de Línguas anunciou na sua página de Facebook que estão a decorrer as matrículas para a frequência das aulas de inglês e francês que terão lugar nas escolas EBS Dr. Ferreira da Silva, EB Comendador Ângelo Azevedo, na sede da EB Loureiro e na EB Dr. José Pereira Tavares.

As aulas acima de referidas já estavam previstas no programa do ano escolar do Centro de Línguas, e neste momento a instituição pondera encontrar outras escolas no concelho que possam receber os alunos para a nova época escolar. No entanto, há grande probabilidade que a solução das quatro escolas acima mencionadas seja (muito) temporária, uma vez que é possível que parte do edifício do antigo Centro de Saúde de Oliveira de Azeméis seja inaugurado até o final de setembro.

“Neste momento o que está em cima da mesa como hipótese a ser concretizada é que o edifício do antigo Centro de Saúde Oliveira de Azeméis seja inaugurada em duas fases. Até final deste mês de setembro será aberto o primeiro piso do edifício, que é onde funcionará o Centro de Línguas. E no final do próximo mês de outubro será inaugurado a parte do rés do chão. Portanto, o Centro de Línguas funcionará no primeiro piso ao mesmo tempo que se concluem os acabamentos no rés do chão”, revela, à Azeméis.NET, fonte da autarquia conhecedora de todo o processo.

A mesma fonte explica que o porquê o Centro de Línguas ter avançado para a solução de ocupar escolas do concelho: “O Centro de Línguas teve de se socorrer a um plano B para evitar qualquer surpresa. Ou seja, se o prazo de conclusão da requalificação do edifício derrapar novamente, as aulas do Centro de Línguas estão asseguradas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui