Sexta-feira, 14 de Junho de 2024
Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

Trabalhadores da Aspöck Portugal em luta por um aumento salarial de €150

> A filial portuguesa do grupo austríaco Aspöck tem mais de 700 trabalhadores.

Os trabalhadores da Aspöck Portugal, sediada em Cucujães desde 2008, realizaram no dia 30 de Abril dois plenários à porta da fábrica de sistemas de iluminação para a indústria automóvel, manifestando publicamente a sua insatisfação com a falta de aumentos salariais. Em torno do caderno reivindicativo do seu sindicato da classe, o SITE Centro-Norte, os mais de 700 trabalhadores da filial portuguesa do grupo austríaco Aspöck lutam por um aumento salarial de 150 euros.

Divididos em grupos, das 13h00 às 16h00, e das 16h00 às 19h00, no âmbito dos seus turnos de horário de trabalho, exigem o aumento de 150 euros ao seu salário de 845 euros. Que o subsídio de refeição passe dos 6,45 euros para os 7 euros, bem como a progressão das suas categorias profissionais.

Publicidade

Mostrando unidade e firmeza nos objetivos desta reivindicação, afirmaram que não vão baixar os braços e que continuarão a lutar até os alcançar. A concelhia do PCP de Oliveira de Azeméis esteve presente com estes trabalhadores, afirmando a sua solidariedade para com esta luta e enaltecendo a importância que ela tem para a concretização dos seus objetivos.

“O PCP continuará como sempre o tem feito, ao longo dos seus  103 Anos de intensa intervenção a  lutar na defesa dos  seus direitos, melhoria das suas condições de vida e de trabalho para todos os trabalhadores”, diz o partido em comunicado.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS