Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2023
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2023

Fluidotronica tem objetivo de expandir negócio para o México e espreita mercado da América do Norte

Empresa oliveirense recebeu recentemente uma missão empresarial promovida pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana.
Da comitiva que visitou a Fluidotronica fizeram parte:  Héctor Villarreal Muraira, Diretor-Geral da COMCE Noreste, Miguel Ángel Landeros Volquarts, presidente da COMCE Occidente; Francisco Nicolas González Díaz, Presidente da INA – Indústria Nacional de Autopartes; Abner Eduardo Tovar Zambrano, Editor-Director da Modern Machine Shop Mexico; e  Jorge Alberto Yarte Sada, vice-presidente da Câmara do Comércio e Indústria Luso Mexicana.
Da comitiva que visitou a Fluidotronica fizeram parte: Héctor Villarreal Muraira, Diretor-Geral da COMCE Noreste, Miguel Ángel Landeros Volquarts, presidente da COMCE Occidente; Francisco Nicolas González Díaz, Presidente da INA – Indústria Nacional de Autopartes; Abner Eduardo Tovar Zambrano, Editor-Director da Modern Machine Shop Mexico; e Jorge Alberto Yarte Sada, vice-presidente da Câmara do Comércio e Indústria Luso Mexicana.
Publicidade

A empresa oliveirense Fluidotronica, que atua na indústria automóvel, moldes, entre outras, apresentou a sua atividade, e deu a conhecer as instalações onde laboram desde 2017, bem como as condições de trabalho, a uma missão empresarial promovida pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana. A estratégia da empresa passa por apostar no mercado mexicano, e também espreita uma oportunidade no mercado da América do Norte.

No dia seguinte à visita da comitiva onde estava Jorge Alberto Yarte Sada, vice-presidente da Câmara do Comércio e Indústria Luso Mexicana, a empresa participou no Porto Innovation Hub, organizado pela Câmara Municipal do Porto, no seminário subordinado ao tema “Oportunidades de Negócios México – Portugal nos Setores Industriais”.

Publicidade

“Esta visita esteve englobada num programa abrangente organizado pela Câmara do Comércio e Indústria Luso-Mexicana, que visava promover oportunidades bilaterais para empresas Portuguesas e Mexicanas, de expansão em ambos os mercados. O convite foi-nos endereçado pela AIMMAP, associação à qual pertencemos e que também esteve ligada à organização desta missão, e que selecionou algumas empresas de setores de atividade distintas, mas que se enquadravam no objetivo desta visita”, contou, ao Azeméis.Net, o diretor-geral da empresa, Hélder Almeida Silva.

“Esta visita foi de extrema importância, uma vez que nos permitiu dar a conhecer a Fluidotronica a estes altos representantes de diferentes associações industriais, daquela que é uma das mais fortes economias da América Latina. Eles irão por certo levar a mensagem às empresas dos referidos setores daquilo que podem encontrar no mercado Português. Para além do poderia económico Mexicano, este é ainda uma porta de abertura para o mercado da América do Norte (EUA e Canadá). Estes são mercados para os quais a Fluidotronica já olha com muita atenção há alguns anos e foi mais uma passo rumo ao conhecimento do mesmo, bem como do seu funcionamento”, concluiu o responsável máximo da Fluidotronica.

Publicidade
Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS