Domingo, 16 de Junho de 2024
Domingo, 16 de Junho de 2024

Dezenas de professores de Oliveira de Azeméis entre os milhares que estiveram em protesto na Praça do Comércio

> Os professores oliveirenses exigem "respeito pela profissão que cria todas as outras profissões".

Dezenas de professores das escolas de Oliveira de Azeméis estiveram entre os milhares que percorreram, no sábado, dia 11 de fevereiro, a Avenida da Liberdade em direção à Praça de Comércio em protesto contra as políticas do Governo, lutando  pela recuperação do tempo de serviço, pelas progressões na carreira, entre outras reivindicações. Os professores oliveirenses exigem “respeito pela profissão que cria todas as outras profissões”.

Esta manifestação nacional da Fenprof em Lisboa, foi o ponto alto de uma série de greves realizadas em todos os distritos. Participaram ainda também a Federação Nacional de Educação e outras sete organizações sindicais. A Fenprof avança que esta manifestação juntou mais de 150 mil professores, e já é considerada a “maior de sempre de professores e educadores em Portugal”.

Publicidade

As negociações entre sindicatos de professores e o Governo irão continuar. Entretanto, Mário Nogueira, presidente da Fenprof, anunciou novas ações de luta a 2 e 3 de março, no norte e sul do país. 

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS