Terça-feira, 27 de Setembro de 2022
Terça-feira, 27 de Setembro de 2022
Publicidade

Paulo Neves era o escultor preferido do ex-patrão da SONAE, Belmiro de Azevedo

Revelação foi feita pelo jornalista e ex-presidente da ERC, Carlos Magno, na cerimónia de inauguração da exposição "Justus" no Tribunal da Relação do Porto.

O escultor cucujanense tem patente, desde o dia 9 de setembro, no Salão Nobre do Tribunal da Relação do Porto, situado no 5.º piso do Palácio da Justiça, uma exposição que dominou “Justus”. Paulo Neves foi convidado pelo Presidente da Tribunal da Relação do Porto, José Igreja Mato, para estrear o espaço dedicado à arte no Palácio da Justiça.

Publicidade

A cerimónia de inauguração de exposição contou com a presença de várias figuras de destaque da cidade do Porto, como o próprio Presidente do Tribunal da Relação do Porto, do empresário Artur Varun, do colecionador de arte, António Moutinho-Cardoso.

A apresentação esteve a cargo jornalista e ex-presidente da ERC, Carlos Magno, que durante a sua intervenção apresentou Paulo Neves como “um dos maiores, se não o maior escultor português”, revelando que o artista cucujanense era o preferido do já falecido ex-patrão da SONAE, Belmiro de Azevedo.

Exposição “Justus”, de Paulo Neves, no Tribunal da Relação do Porto
Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS